Sobre a necessidade de escrever

7 Sep 2017


Já, talvez, seja a décima vez que começo a escrever essa postagem, quero dizer, é a segunda vez que começo a escrever esse texto, mas já tentei parafrasea-lo milhares de vezes: para falar os últimos ocorridos, as tramas dos últimos meses e as expectativas que estão sendo criadas durante os dias. A medida que sinto que preciso sentar aqui e escrever, penso que deveria estar fazendo outra coisa, como estudar ou conhecer alguém novo ou apenas ficar deitado na minha cama.  

A vida tem seguido um ritmo que não estou feliz, a medida que conheço mais pessoas percebo o quão distante estou delas, percebo que há uma frieza nas mensagens escritas através dos aplicativos, falo isso no quesito amoroso mesmo. Eu queria muito, sabe, ouvir uma música e pensar em alguém, escrever um texto sobre alguém, sobre o beijo, sobre saudade e sobre qualquer outra coisa. Não pela necessidade de amar alguém, mas pela necessidade de que exista amor, que exista amor ao conhecer uma nova pessoa e que, consequentemente, exista amor ao permitir ser conhecido. Nas milhares de vezes que tenho sentado para escrever, minha vontade passa, porque nunca fui muito bom em escrever ficção. 

Faz algum tempo que não saio com amigos, que não vou tomar um café, que não tiro fotos e talvez grande parte disso seja culpa minha, é claro, mas outra parte disso também são as pessoas em que depositei um pedaço de expectativa. Esse texto, que era inicialmente sobre a necessidade de escrever, se tornou um grande desabafo resumido em a distância construída entre as pessoas só está acontecendo comigo? 

6 comentários:

  1. Oi, obrigado por esse texto! Não está acontecendo só contigo não, tento todo dia acreditar que essa é uma fase da nossa vida e que a proximidade vai ganhar um significado logo :S

    ReplyDelete
    Replies
    1. não sei se fico feliz ou triste por estar no mesmo barco, por estar sozinho ou não... mas o que importa é acreditarmos que tudo irá melhorar, porque vai.

      bem-vindo! <3

      Delete
  2. te entendo 100% e garanto que não é só com você! o que vale nessas horas é tirar um tempo para si, esfriar a cabeça e seguir em frente, pq já já isso passa.

    ReplyDelete
    Replies
    1. nossa ana, primeiro bem-vinda (estou apaixonado por seu blog). acho que tudo que preciso nesse momento é dar uma pausa mesmo <3

      Delete
  3. ah, essa era das redes sociais em que aproxima a gente de todo mundo e ainda assim estamos sempre solitários...

    ReplyDelete
    Replies
    1. nunca li tantas verdades num sábado a noite!

      Delete