Resenha: "Outlander — O Resgaste no mar: parte II", de Diana Gabaldon

10 Feb 2017

O Resgate no mar: Parte II
Outlander, livro 03
Diana Gabaldon
Editora Arqueiro
656 páginas
Claire Randall finalmente conseguiu voltar no tempo e reencontrar Jamie Fraser na Escócia do século XVIII, mas sua história está longe do final feliz. O casal terá que superar muitos obstáculos, de fantasmas a perseguições marítimas, mas o principal deles são os vinte anos que se passaram em suas respectivas épocas desde a última vez que se viram.

Se a intensa paixão e o desejo entre eles parecem não ter diminuído nem um pouco, o mesmo não se pode dizer sobre a confiança. Jamie agora é um homem endurecido pelo que aconteceu após a Batalha de Culloden. Claire, por sua vez, precisa lidar com o segundo casamento de seu amado e suportar a saudade de Brianna, que ficou sozinha no ano de 1968.

A união dos dois será posta à prova quando o sobrinho de Jamie for sequestrado. Juntos, eles precisarão singrar pelos mares e cruzar as Índias Ocidentais para resgatá-lo, provando mais uma vez que nada é capaz de deter uma história de amor que vence as fronteiras do tempo e do espaço.
Fi-nal-men-te! Uau, pensei que não ia conseguir terminar essa leitura nunca! Mas cheguei ao fim e com o coração, mais uma vez, cheio de expectativas pros próximos volumes. O Resgate no Mar parte dois é, obviamente, a continuação do terceiro volume da série Outlander e enquanto na primeira parte dessa história vemos a luta de Claire em encontrar vestígios de Jamie e sua indecisão sobre voltar a Escócia antiga e encontrá-lo, deixando a filha no presente, na segunda parte, Claire finalmente volta pros braços de seu amado. Diana Gabaldon, a autora, deixou toda a aventura para esse volume, que é cheio de ação do início ao fim.




Tudo começa a dar errado quando ao voltar a Lalybrooch, Clarie se depara com a realidade nada agradável de descobrir que Jamie encontrava-se casado e sua esposa era ninguém menos que Laoghaire, a mulher que desde jovem desejava Jamie como seu marido. Acontece que Jamie apenas casara-se por sentir-se muito sozinho e por insistência da irmã, que assim como ele, acreditava que Claire jamais retornaria. Apesar do amor entre Jamie e Clarie continuar intacto, intenso e real, os vinte anos que os separaram continha muitas histórias que a confiança aparentemente abalada dos dois, depois de tanto tempo, talvez não suportasse. Apesar de todo o conflito enfrentado, o amor dos dois foi forte o suficiente para suportar todas as surpresas infelizes impostas pelos anos distantes.

Porém, Jamie continuava sendo um foragido e, em busca de tornar-se um homem livre, planejou com Ian, seu sobrinho, recuperar o tesouro perdido dos ingleses, que encontrou quando ainda era um presidiário anos antes de ter Claire de volta. A aventura e os problemas realmente estão apenas começando, pois ao mergulhar nas águas indo em direção a caverna onde se encontrava o tesouro, Ian é sequestrado por piratas deixando Jamie e Claire desesperados e sem escolha a não ser tentar o resgate no mar, afinal, sabiam que jamais poderiam voltar para Jenny e Lallybrooch sem seu filho. Contam com a ajuda de Jared, que os empresta um navio com carga, assim ajudando a ambos. E é então que as aventuras realmente começam.



A história é inteira repleta de problemas. Se solucionavam um, apareciam outros em questão de segundos, não conseguia respirar de alívio uma única vez. Apesar de muitas vezes ter empacado na história e em muitos momentos sentir vontade de abandonar o livro, não consegui. Acredito que todo leitor da série sinta essa ligação que sinto e ao insistir na leitura, nunca me arrependo. É incrível como a autora tem explicação pra cada situação e personagem que aparece durante o enredo, de forma que nenhum diálogo ou personagem é em vão. Reencontramos muitos personagens que a muito não apareciam na história e descobrimos muitas coisas que eram lacunas em branco nos livros anteriores. Por fim, acabei a leitura cheia de esperança e vontade de mais. Por incrível que pareça, Jamie e Claire parecem ainda ter muito pra me contar.



Leia também os outros volumes da série:
Outlander #1: A Viajante no Tempo
Outlander #2: A libélula no Âmbar
Outlander #3, parte I: O Resgate no Mar, parte 1
Outlander #3, parte II: O Resgate no Mar, parte II

0 comments:

Post a Comment