Resenha: "Confissões On-line", de Iris Figueiredo

2 Feb 2017

Confissões On-line
Bastidores da minha vida virtual, livro 01
Iris Figueiredo
Editora Generale
240 páginas
Prudência é uma característica que só consta no sobrenome de Mariana Prudente. A menina viu sua vida mudar de cabeça para baixo em poucos meses: perdeu a popularidade, o namorado, a melhor amiga e o grande sonho de fazer um intercâmbio. Agora, Mariana vê seu nome rabiscado nas cabines do banheiro da escola e escuta fofocas sobre ela pelos corredores do colégio e fica sem rumo. O vestibular se aproxima, sua irmã está enlouquecida por causa do casamento marcado, e tudo que ela quer é não pirar enquanto suporta os últimos meses no ensino médio.
Sem lugar para desabafar, Mari vê no ambiente virtual uma chance de descarregar todas as angústias do mundo off-line, criando o vlog "Marinando". Com sua banda preferida como trilha sonora, ela conta com a ajuda de Arthur e Carina para mergulhar no mundo virtual e esquecer os problemas do mundo real. Com uma câmera na mão e alguns vídeos na internet, Mariana Prudente vê sua vida mudar mais uma vez, pois chegou a hora de sair dos bastidores e ser a protagonista novamente.
Confesso que minha eu adolescente, - terminando o ensino médio, prestando vestibular, com a cabeça cheia de dúvidas e o coração sempre nos crushs - amou esse livro e se identificou de uma forma maravilhosa! Confissões On-line conta a história da Mariana, uma adolescente rodeada de dramas teens. Em pleno terceiro ano do ensino médio a garota tem seu mundinho desfeito após uma mentira contada envolvendo seus melhores amigos e o então namorado. Eduardo acabou virando ex porque assim como todo mundo, não acreditou nela. Suas amizades, óbvio, também se desfizeram todas. 

Apenas Nina, que sabia de sua versão e acreditava na amiga, continuava ao seu lado. Além da catástrofe que se transformou sua vida na escola, em casa as coisas também não iam bem. O sonho de Mariana sempre havia sido fazer intercâmbio, conhecer um novo país e estudar uma nova língua e não teria melhor época para viver esse sonho do que no momento que ela vivia, sendo julgada e desacreditada por todos que ela amava. Porém, seus planos mais uma vez vão por água abaixo e são postos em segundo plano quando sua irmã, Melissa, decide se casar - aos 21 anos - isso mesmo. Sem condições de bancar os sonhos das duas filhas, a família optou pelo sonho de Mel. Foi então que, sempre sozinha, Mariana criou um vlog no youtube chamado "Marinando", como forma de simplesmente desabafar.






Mari nunca pensou na possibilidade de as pessoas assistirem aos seus vídeos, o vlog tinha como única finalidade fazê-la companhia nas madrugadas sozinha e nos momentos em que a mãe não lhe tirava o modem de internet para que ela se preparasse pro vestibular. Mas ao, por acaso, conhecer um garoto lindo e que tinha covinhas ao sorrir, o destino talvez lhe dissesse que aquilo poderia ser algo mais. Arthur, o dono das covinhas, foi se aproximando e ao conhecer o canal de Mari e os vídeos super engraçados sobre os preparativos do casamento da irmã - que mais pareciam realitys americanos de noivas histéricas - lhe incentivou a postar os vídeos e ainda a ajudou a conhecer sua banda favorita de todos os tempos e, de repente, as coisas começaram a mudar. Porém, apesar da vida de Mari estar aparentemente voltando aos trilhos, Nina - sua melhor amiga -, passava por problemas em casa e visivelmente sofria de transtornos alimentares, o que a deixava preocupadíssima.



Ao iniciar a leitura fiquei completamente surpresa. Apesar de tratar sobre assuntos e problemas de adolescentes é um livro cheio de lições, muito bem escrito e apesar de muitos clichês trata de assuntos muito importantes. Desde as consequências ocasionadas por uma mentira, assédio e bullyng à barra que é compreender e ajudar alguém que sofre com anorexia e/ou bulimia.

Apesar de ser um Young Adult cheio de problemas bobos de adolescentes, há temas reais e sérios que encontramos no nosso dia-a-da sendo abordados nesse livro. Confissões On-line é uma série e já tem seu segundo volume publicado, que se chama Confissões On-line 2 - Entre o Real e o Virtual e que com certeza pretendo ler, porque além da história ser bastante interessante tem um final completamente inusitado, deixando o leitor louco pra conhecer o desenrolar da história.

4 comments:

  1. Oi Aninha, achei a temática um pouco teen demais pra mim ~ mas fiquei interessada em presentear o livro. Conheço uma pessoa que certamente vai se identificar, e muito, com alguns dos temas abordados. Adorei conhecer o livro!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi Mila!!
      SIM, é bem teen mesmo, adoraria ter lido lá pelos meus 15, 16 anos, mas não deixei de gostar, mesmo assim. Vou guardar pra presentar minha irmã, rs.
      Obrigada por comentar aqui, fico muito feliz!

      Beijo,
      Ana

      Delete
  2. Eu nunca acho nenhum enredo teen ou infantil demais pra que eu leia. Já li um livro realmente infantil - com ilustrações e tudo - há pouco tempo, li Uma Professora Muito Maluquinha com mais de 15 anos e esses dias li mais um da série O Diário de Um Banana. E cá pra nós, eu adorei o enredo dele! Eu li A Lista Negra ano passado e ele se passava nesse cenário escola e vida adolescente e eu adorei. Como você disse da história da irmã que ia casar, da amiga com bullying, enfim de tudo! Já adicionei na lista de Quero Ler lá do Skoob pra nunca esquecer dessa indicação.

    Bom final de semana pra você!
    Com carinho,
    Conto Paulistano.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oi Selma, muito bom te ver por aqui!
      Concordo com você em gênero, número e grau. Acredito que não devemos ser exigentes a ponto de acreditar que chegamos a idade adulta e agora é hora dos clássicos, dos young adults e só! Leitura é leitura, né? E tudo que é bem escrito vale a pena ser lido. Amo livros infantis com ilustrações, sou apaixonada! Tenho muita vontade de comprar e ler toda a coleção de O Diário de um Banana, sempre namoro os livrinhos quando vou nas livrarias. Também li A Lista Negra ano passado e curti bastante, apesar de se passar nesse cenário adolescente é bem pesado, né? Temas assim me atraem bastante!
      Obrigada por vir aqui, viu? Fico feliz demais!

      Beijos!
      Com amor,
      Ana

      Delete