Resenha: "Muito Mais que Cinco Minutos", de Kéfera Buckman

5 Jul 2016

Muito Mais que Cinco Minutos
Kéfera Buckman
Editora Paralela, 2015
143 páginas
Você conhece a Kéfera? Pois deveria! Com 22 anos, Kéfera Buchmann reúne quase doze milhões de seguidores nas suas mídias sociais (YouTube, Facebook, Twitter e Instagram). Só o seu canal no YouTube, “5inco minutos” (procura aí na internet), tem cinco milhões de assinantes e é o quarto mais visto do Brasil. Tá achando pouco? Ela ainda recebe diariamente centenas de mensagens de fãs do Brasil todo e é parada na rua a todo momento. Se o YouTube é de fato a nova televisão, como acha muita gente, hoje Kéfera é o equivalente aos antigos astros globais. Tão conhecida e amada quanto eles. Neste livro, que tem literalmente a sua cara, Kéfera parte de sua vida para falar de relacionamentos, bullying, moda e gafes e conta uma série de histórias divertidas com as quais é impossível não se identificar.
Atualmente não sou fã da Kéfera, acho que nunca fui, mas sempre a achei engraçada, hoje não tanto como antes. No lançamento do livro, sem dúvidas, eu queria saber um pouco mais sobre a vida dessa youtuber que, se não me engano, é a mais famosa do Brasil. Hoje, já não é mais um livro que me atrai e mesmo assim apostei nas experiências que a autora poderia deixar para seus fãs.
“É de certo modo normal julgar os outros. Seria hipocrisia minha dizer que não julgo. Se você vê alguém sendo diferente em público, estranha logo de cara e às vezes se sente constrangido pela atitude do outro. Talvez porque formos ensinados desde crianças que precisamos ser quadrados o tempo todo. Por isso estamos acostumados a achar um pouco perturbadora qualquer coisa que se mostre original”

Contado de modo cômico, assim os seus vídeos, Kéfera expõe sua intimidade com o leitor, falando de sua infância e adolescência, quebrando alguns conceitos que hoje ainda são considerados tabus. Então ela fala de sua primeira depilação íntima, primeiro fora, bullying por ter sido gordinha e coisas que quase todo mundo passa durante as fases da vida. Kéfera conta sua história do mesmo modo como conversa com seu público no youtube, com xingamentos e deselegância, um jeito natural para mostrar que as mulheres não precisam ser tão mocinhas e se encaixar em grupo social - visto que a própria autora também não se encaixa muito em tais grupos.

Apesar de ser um livro puxado para um lado mais biográfico, Kéfera, assim como em Tá Todo Mundo Mau, dá alguns conselhos perante as dificuldades - algo que é importante, pois seu público é um que está em desenvolvimento, então, se a youtuber consegue promover alguma reflexão por meio da sua obra, essa obra é valida. Achei válida.
"A diferença é que alguns meninos e meninas levam numa boa e deixam os xingamentos que ouviram para trás. Outros carregam isso para a vida toda."
 Esse não é o tipo de livro que gosto, não me atrai, mas a leitura foi divertida, assim como os vídeos, me lembrou algumas coisas que passei. Os fãs com certeza irão amar esse livro, aqui a autora consegue passar um pouco de como é e era sua vida, hoje, ela conta com mais de 8 milhões de seguidores no Youtube, está atuando em um filme e seguindo sua brilhante carreira de atrás. Uma história de sucesso para quem apenas gravou um vídeo irritada com vuvuzelas. 

1 comments:

  1. oooi, tudo bem?
    Eu já ouvi diversas opiniões sobre este livro, positivas e negativas.
    Não sou muito fã da youtuber, mas acredito que seja uma obra interessante para quem curte ela e principalmente por contar sobre dificuldades e etc.

    PROMOÇÃO DOIS ANOS DO BLOG BIO-LIVROS

    ReplyDelete