Resenha: "Então você quer ser um Jedi?", de Adam Giowtz

Então você quer ser um Jedi?
Star Wars: O Império Contra-Ataca, episódio V.
Adam Giowtz
Editora Seguinte, 2015
272 páginas
Com a ajuda de Luke Skywalker, a Aliança Rebelde conseguiu uma grande vitória contra o Império. Mas a guerra está longe de acabar. Agora, instalados em Hoth, um planeta gelado, os rebeldes temem que seu esconderijo seja descoberto pelas forças imperiais. Infelizmente, não demora muito para que o temível Darth Vader os encontre e organize o ataque. Esta é uma versão de Star Wars: O Império contra-ataca (episódio V) como você nunca viu. A edição vem acompanhada de ilustrações incríveis e apresenta a história original a uma nova geração de leitores, assim como fornece uma perspectiva inédita para os fiéis fãs da saga. Aqui, você entrará na pele de Luke Skywalker, dando os primeiros passos para se tornar o maior Jedi da galáxia, e encontrará uma série de lições para aprimorar seus conhecimentos Jedi.
Seguindo a continuação de novelizações de Star Wars contadas por outras pessoas, temos Adam Giowtz responsável por contar a história de O Império Contra-Ataca, o quinto episódio da série de ficção científica mais adorada do mundo. Após a leitura de A Princesa, o Cafajeste e o Garoto da Fazenda, fiquei ansioso para continuar a ler os outros livros e lembrar de quando havia assisto os filmes.



O livro, diferente do primeiro, é divido em cinco partes: No Cubo de Gelo, A Batalha por Hoth, Planetas Estranhos Parte I e, II e A cidade das Nuvens; e contado em segunda/primeira pessoa pelo personagem Luke Ceúwalker. A história então é contada com as experiências do protagonista, como ele vivenciou durante esse episódio, sua trajetória para se tornar um cavaleiro Jedi. Em contrapartida temos, então, em terceira pessoa, capítulos com as aventuras do restante de tríplice. Então já podemos observar o porque Luke Skywalker foi escolhido e o porquê do título do próprio livro, "então você quer ser um Jedi?".
 "Não há resposta certa. Mas as escolhas que você faz vão te moldar. E podem moldar a história também."
Entre capítulos o autor inicia "uma preparação para se tornar um Jedi melhor", como dicas, manuais e um "tutorial" para o seu treinamento de cavaleiro Jedi - como movimentar objetos com a mente, meditar e diversas outras técnicas que todo fã irá adorar - uma chave de mestre do autor, afinal, esse é um toque que faz o leitor interagir mais efetivamente à obra. 




Apesar da história focar em Luke, temos pitadas do romance bruto entre Han e Leia e os problemas que eles enfrentam enquanto fogem na Millenium Falcon. Temos ainda os droides mais favoritos da galáxia com suas personas, dessa vez, mais rabugentos. Claro que o livro conta com os diálogos épicos, encontro dos dois lados da força e muita aventura. 

O livro, na minha opinião, deixou um pouco de desejar se for olhado em relação ao anterior. Mas a dinâmica e perspectiva que o autor atordoou em sua história, fez que essa obra alcançasse uma singularidade - dando um ar mais infantil à obra, com a necessidade de trazer ainda mais fãs para essa saga de décadas. É uma obra válida assim como a anterior, mas ficou alguns pontos a menos. Igualmente ilustrado com os outros volumes, é um livro lindo de se ter na estante, sem falar que os três livros juntos ficam um chame.


Leia também sobre os outros volumes da série:

Post a Comment