Resenha: "Cuidado com o Lado Sombrio da Força!", de Tom Angleberger

Cuidado com o Lado Sombrio da Força!
Star Wars: O Retorno de Jedi, episódio VI.
Tom Angleberger
Seguinte, 2015
336 páginas
O terrível Império está construindo uma segunda Estrela da Morte para acabar com a Aliança Rebelde. Mas Luke Skywalker tem outros planos: destruir o governo e deter o imperador de uma vez por todas. No entanto, há um obstáculo no caminho de Luke: seu pai. Esta é uma versão de Star Wars: O retorno de Jedi (episódio VI) como você nunca viu. A edição vem acompanhada de ilustrações incríveis e apresenta a história original a uma nova geração de leitores, assim como fornece uma perspectiva inédita para os fiéis fãs da saga. Ao longo da história, os leitores encontrarão diversas notas de rodapé com curiosidades e comentários sobre esse universo extraordinário, tornando a jornada até o confronto final entre Luke e Darth Vader ainda mais emocionante.
“Cuidado Com o Lado Sombrio da Força!” é o terceiro, e último, livro da série de novelizações de Star Wars; título responsável pela releitura de O Retorno de Jedi, também o último filme da primeira trilogia de Star Wars — caso sinta vontade em saber o que achei dos outros livros no final da postagem tem todos os links. Então Tom Angleberger foi o responsável por terminar essa trilogia de romances inspirados em Star Wars, não poderia ter um melhor desfecho possível.
— NGHWWWRGGGHHH! — exclama o wookiee, feliz."

O livro é construído de capítulos curtos, que tornam narrativa ágil, contudo a forma como o autor expõe a história é o que realmente faz com que a trama se torne leve e rápida: capítulos com diálogos irônicos, humores, desventuras e riscos vividos pelos nossos heróis, enquanto, desfruta sobre a arrogância e fraquezas dos nossos vilões.

A grande diferença de "Cuidado com o Lado Sombrio da Força" é história contada pelo próprio autor - como quem conta uma história para um amigo.  A narrativa em terceira pessoa, invés de um narrador onisciente, faz com que absorvamos mais determinado ponto de vista perante a história, então, nessa obra, seguimos o desfecho sob a perspectiva de Tom Angleberger - nessa singularidade criada pelo autor, a obra acaba tomando um ar mais infantojuvenil, para quem não sabe, este é o mesmo autor de  O Estranho Caso do Yoda de Origami


Levando em consideração os outros livros da série, este é o que temais mais páginas e também mais ilustrações - sendo um dos mais bonitos esteticamente. Deixei para comentar agora, que os três livros seguem um senso estético igual, capas emborrachas e ilustração em alto relevo. A trilogia sofre uma singularidade especial que somente a Editora Seguinte conseguiu dar, é uma coleção de fã que vale a pena ser comprada - não apenas pelo seu conteúdo estético, mas também por serem obras com histórias e narrativas muito boas.


Leia também sobre os outros volumes da série:

_DEIXE UM COMENTÁRIO

Post a Comment