Resenha: "A História Secreta", de Donna Tartt

A História Secreta
Donna Tartt
Editora Companhia das Letras, 1995
520 páginas
“Donna Tartt surpreende pelo talento com que combina a densidade psicológica e o vigor poético de um texto clássico com a trama complexa e o ritmo alucinado dos melhores romances policiais contemporâneos.
Quem conta a história é Richard Papen, garotão da ensolarada Califórnia que consegue ser admitido na seleta Hampden, uma universidade em Vermont freqüentada pela elite norte-americana. Richard imagina ter atingido o Olimpo ao entrar para o círculo mais privilegiado daquela universidade. Cinco alunos, sofisticados e originais, selecionados por um mestre erudito e carismático, dedicam-se ao estudo da Grécia antiga. A eles junta-se o narrador, para participar da busca da verdade e da beleza, entre festas orgiásticas e finais de semana numa antiga casa de campo, regados a muito álcool e discussões filosóficas. A loucura desmedida certa vez termina numa orgia cujo ponto culminante é um ato de violência inominável e o suposto aparecimento do próprio Dioniso, numa de suas diversas manifestações.
Quando descobre a terrível verdade, Richard envolve-se numa cadeia de segredos e cumplicidades, num encadeamento de medos e inseguranças que leva o grupo a cometer um ato ainda mais terrível. Melancólico e irônico, este é um romance feito de terror e prazer, remorso e decepção. Com ele, Donna Tartt revelou-se uma grande escritora já em seu livro de estréia.”
O livro narra a história de Richard Papen, recém-chegado em uma faculdade de humanidades em Vermont nos EUA. Lá ele fica fascinado com um curso de grego onde um misterioso professor recebe somente um seleto grupo de cinco alunos. Disposto a entrar para as aulas e descobrir mais sobre essas pessoas, Richard cai em uma espiral de mentiras e cria uma história falsa para si mesmo: inventa um passado totalmente novo para si. O que ele não poderia esperar era que por trás dos estudos dos clássicos gregos e dos alunos que ele tanto admirava, estivessem escondidos diversos segredos.

A forma com que a autora conta a história a torna ainda mais interessante. O livro começa a partir do assassinato de um dos personagens e no decorrer do enredo, descobrimos os motivos que levaram os personagens até aquele momento culminante. A obra é uma montanha russa de sensações. Em alguns momentos o leitor realmente acredita que as atitudes tomadas pelos personagens foram as melhores possíveis ou, no mínimo, plausíveis para a situação. Entretanto, basta algumas viradas de páginas para que tudo o que fora construído desabe e novas ações dos personagens façam com que a situação seja revertida ou pensada de uma outra forma.

Outro fato interessante, é que os personagens são construídos como um ideal de perfeição, só para depois serem desmontados e desconstruídos. A mistura de beleza, dinheiro e soberba parece permear todos os membros do curso de grego. Mas ao decorrer da história, o leitor acompanha a degradação desses personagens, os segredos e o que se esconde por trás da faixada sofisticada de cada um.

Quando a morte do colega parecia o fim da história, é que os personagens se veem em um labirinto de escolhas, vivendo uma pressão constante onde uns são jogados contra os outros. Graças ao crime, por mais que eles tentem seguir caminhos diferentes ou agir por conta própria, suas ações sempre acabam afetando algum integrante do grupo e novamente todos são colocados frente a frente.

A crítica social proposta pela autora é feroz e percorre as mais diversas camadas. Desde o academicismo elitista, a hipocrisia, a mentira contada para satisfação do ego, relações de interesse e segue até onde os olhos do leitor podem captar.

A História Secreta é um livro de camadas e de detalhes. As pequenas ações de cada personagem podem significar algo gigante na teia angustiante de acontecimentos e relações que permeiam o enredo. É inquestionável a sensação de querer ler o livro de novo após terminar a leitura, só para absorver as miudezas da história.

Donna Tartt é uma autora indispensável para qualquer leitor voraz e que procura personagens com grande profundidade psicológica. A História Secreta é um livro com personagens bem construídos, enredo cativante e uma variedade de assuntos abordados paralelamente a trama principal.

Leitura mais que obrigatória.

_DEIXE UM COMENTÁRIO

Post a Comment