Resenha: "Steve Jobs - Insanamente Genial", de Jessie Hartland

Steve Job - Insanamente Genial
Jessie Hartland
Editora Seguinte, 2015
240 páginas
Com uma narrativa ágil e divertida, esta biografia em quadrinhos apresenta a figura rebelde e carismática de Steve Jobs para uma nova geração de leitores, além de cativar os fãs que vivem e respiram toda a tecnologia criada por ele: a Apple, a Pixar, os Macs, os iPods, os iPhones e muito mais.

Jessie Hartland mostra como Jobs foi um visionário, sem deixar de lado os demônios que o acompanhavam. Destaca os sucessos meteóricos, os retrocessos devastadores e as inúmeras contradições que resultaram numa vida extraordinária e no legado de um homem insanamente genial.
Nunca fui fanboy boy da Apple, na verdade apenas ano passado pude realmente conhecer o produto oferecido por essa marca conhecidíssima - e cara. Após ter o meu primeiro IPhone, logo senti uma conexão que deveria ter sido estabelecida há séculos - um design maravilhoso, clean e um sistema muito organizadinho - bem que burocrático, também. Sempre soube que a Apple tem um marketing maravilhoso; Jobs é considerado um dos mais mais influentes desde o século passado em ramos de marketing e tecnologia, graças a este homem tivemos bastante pontapés na área tecnológica e foi esse motivos que me cedi à uma biografia, um gosto literário que ainda não aprendi apreciar.

Se não me engano essa é a minha terceira ou quarta biografia e digo que fico bastante feliz em encontrar biografias contadas em quadrinhos, como esse aqui do meu amado Elvis. Não conheço muito sobre Steve Jobs, mas Jessie Hartland conta através de uma biografia divertida várias coisas tendenciosas da vida de Jobs e sobre sua principal criação - a Apple.

A obra é divertida e contém diversos recortes da vida de Steve Jobs, todas colocadas cronologicamente, mas não necessariamente sequenciais: o livro se começa com Jobs pequeno, passando pela fase adolescente, jovem e mais tarde adulta - Jessie Harland teve um cuidado extremo na construção desse personagem, quando você repara nos detalhes e informações sobre tal, colhidos e apresentado de forma dinâmica e enxuta.

O cuidado de Jessie foi incrível, ela consegue abordar em poucos quadrinhos diversos significados explicando sobre os "investimentos" de Jobs e o que se passava na época, através de infográficos. Fica claro que Jobs apesar de maravilhoso no mundo tecnológico, não era tão maravilhoso assim no mundo "real", na obra é citado seu envolvimento com drogas, o fato de ser extremamente chato para trabalhar e outras coisas menos gloriosas e que tornam esse homem tão homem.

Insanamente Genial é um livro escrito carinhosamente por uma pessoa que estudou bastante para criar algo característico, embelezando uma obra com fatos verídicos tanto feios quanto bonitos, mostrando, por exemplo, o cuidado (e a chatice) que Steve teve com a criação de sua marca - desde a construção da logomarca como as bordas arrendondadas dos seus aparelhos. A linguagem é deliciosa e o livro acaba sendo muito fácil de ler (li em um dia).

Gostei bastante do trabalho maravilhoso de Jessie. Temos aqui uma biografia simples, nua e com fatos importantes de vida de Jobs, recomendo para qualquer um que goste de Jobs ou simplesmente queira saber as decisões que esse homem tomou para trilhar esse caminho (por exemplo, ele foi expulso da Apple).

_DEIXE UM COMENTÁRIO

  1. Eu normalmente não gosto de biografias porque parecem "chatas" mesmo, não acho atrativo ficar lendo páginas e páginas sobre a vida de outra pessoa, por mais que a pessoa em si me encante. Sendo assim, achei bem interessante essa biografia ser em quadrinhos, que é uma maneira diferente de apresentar fatos importantes sobre essa figura tão significativa para os dias atuais. Valeu a dica :3

    Beijos, Vickawaii
    http://finding-neverland.zip.net

    ReplyDelete