Resenha: "Claro que te amo!", de Tammy Luciano

8 Apr 2015

Tammy Luciano
Editora Novo Conceito
320 páginas
Piera tem certeza: está cometendo a maior loucura da sua vida ao assistir, escondida, ao casamento de seu ex-noivo. Depois de seis anos de relacionamento, entrar de penetra na comemoração foi tudo que André deixou para ela. E olhar a cena não a faz feliz, mas encerra uma fase de sua vida. Hora de recomeçar. Mas como recomeçar se seu coração está cheio de dor? Envolver-se com a história de Piera é como descobrir que sempre há um lado muito bom a ser revelado… Mesmo que tudo pareça tão difícil.

"Claro que te amo" é um romance escrito pela brasileira Tammy Luciano, e busca contar a história de Piera, uma jovem capaz de despertar emoções e sentimentos contraditórios no leitor. O livro começa com Pietra se lamentando do ex-casamento e assistindo como este evento foi importante e como está sofrendo com a separação, a personagem não desenvolve nenhuma diferença o leitor nas primeiras páginas e parece não ter amor próprio. Esses pensamentos e neuras de Piera vão deixando a leitura arrastada, boring e cansativa, isso muda quando ela começa a falar de sua família e amigas. Atualmente, Piera está com 19 anos e na história ela passou seis anos se relacionando com André, logo dá para perceber que ela namorou o cara ali por volta dos 12, 13 anos de idade. Existem muitos casos de relacionamentos entre jovens e descoberta sexual, que acontecem muito cedo. 

"Claro que te amo!" é narrado em primeira pessoa, pelo ponto de vista da própria Piera, com isso o leitor conhece os verdadeiros problemas da personagem: o abandono, a ausência de um relacionamento de mãe e filha e principalmente como seguir em frente quando não tem em que se basear. Quando a jovem Piera tem a oportunidade de ficar cara a cara com sua mãe, ela não exita em tentar entender o seu passado, as coisas finalmente parecem estar andando e aí Piera conhece Marcelo, um estudante de medicina muito encantador e carismático, ele não atrapalha nada, apenas ranca muitos suspiros.
"Muitas vez, mesmo que seja dolorido, é necessário assistir ao vivo a situação até o fim para se libertar, para seguir em frente.... Para, quem sabe, tomar vergonha!..".
 Sempre inicio uma leitura nacional com muita expectativas, adoro livros nacionais. Mas minhas expectativas para o romance de Tammy não foram almejados, me decepcionei bastante com em alguns momentos. Após ler a sinopse acreditei que seria um livro sobre superação, isso acontece, mas não ativamente como esperei, o livro tem como objetivo principal ficar apenas na cabeça de Piera, nos seus pensamentos... E isso faz com a leitura não entre em algo que realmente faça o leitor querer virar a página, além da própria protagonista não criar expectativas faz com que tornamos ela como uma personagem sem-sal e sem estímulos. 

Tammy é uma autora de talento sem dúvida, mas não foi nesse livro que ela acertou. Acontece, de vez em quando. Os personagens deste livro ganham destaque, pois alguns são bem escritos e bem construídos como o pai de Piera e Marcelo, até mesmo a própria Piera. O que realmente senti falta neste livro foi de ação, não gosto de uma leitura passiva, cujo ficamos somente navegando nos pensamentos de um personagem. 

Em suma, o livro não é ruim, muitas pessoas gostaram da obra e também se identificaram, isso vai de gosto de cada um. Apenas criei expectativas que não foram almejada, mas tenho que admitir que a escrita de Tammy Luciano é algo, sem dúvidas, que vale a pena, prometo ler outros livros da autora. 

0 comments:

Post a Comment