Resenha: "Diário da Seleção", de Kiera Cass

Kiera Cass
A Seleção, livro extra.
Editora Seguinte
384 páginas
Baseado na série de maior sucesso da Seguinte, este diário traz uma atividade para cada dia do ano. Com design especial, o Diário propõe que as fãs reflitam sobre o universo da série, escrevam sobre si mesmas, imaginem o que fariam caso fossem rainhas, criem desenhos, elaborem listas... e depois compartilhem tudo com as amigas! A partir de uma iniciativa inédita da editora, em outubro as leitoras brasileiras da Kiera Cass terão acesso a um diário oficial da série, o presente perfeito de final de ano.

Esse ano a série A Seleção foi uma das melhores que pude acompanhar e morrer de espera por cada publicação, a série, publicada com o primeiro livro publicado em 2012, arrecadou milhares de fãs, não somente aqui no Brasil, mas também em todo o mundo, aliás A Seleção é uma série muito boa, devido a isso a Editora Seguinte resolveu publicar um livro extra para todos os fãs da série: um diário oficial da Seleção.

Essa resenha vai ser um tanto quanto estranha: não posso contar o que acontece no livro - também não sei se posso chamar "Diário da Seleção" de livro, pois esse permite você rabiscá-lo, cortá-lo (tudo o que a imaginação permitir), com isso resolvi tirar algumas fotos do meu exemplar. 

Para quem não conhece a série A Seleção, inicialmente a série de Kiera Cass era uma trilogia, mas como houve grande repercussão entre os fãs a autora decidiu escrever mais dois livros e dois contos, A Rainha, um dos contos, que já foi publicado aqui no Brasil em versão ebook e já está disponível na Amazon, o título do quarto livro da série é The Heir (A herdeira, se traduzido do inglês nato) com previsão para o ano que vem!!!! 



Em um futuro em que os Estados Unidos passaram a ser Estado Americano da China, encontra-se Illéa, o mais novo país que vive em hierarquia e divide a sociedade em castas, mais de sete castas, ao passar da quarta casta o sinal de pobreza já apita. Para o controle do país é necessário um casal prestigiado pelo público, forte e que passe confiança. O Rei já passou do tempo e, o filho está para atingir a maioridade e continuar com a mão de ferro do pai, porém o príncipe precisará de uma esposa para acompanha-lo. Com isso, foi criada a Seleção, uma tradição há vinte anos executada, cujo todas as garotas do reino se inscrevem, mas apenas 35 são escolhidas. 

Quando escolhidas, essas passam a viver no palácio e o futuro herdeiro terá que escolher uma dentre elas, para se tornar sua confidente, amiga e acima de tudo esposa. America Singer, infelizmente, é escolhida para participar d'A Seleção, ela terá que se cuidar porque todas as outras 34 garotas estarão fazendo o que for preciso parar ter o coração do príncipe ou simplesmente a coroa. America Singer terá que lidar com os sentimentos e com rivalidades nos três volumes, e no último passará por sérias provações. 

Com isso, o "Diário da Seleção" foi construído a partir de todas as reviravoltas que aconteceram durante A Seleção, A Elite e A Escolha. Tornando-se um spoiler para quem não leu os outros volumes. O livro é bastante feminino, todo rosa e fofinho: as fãs vão adorar! 


A Editora Seguinte, como sempre, fez um ótimo acabamento, se preocupando nos mínimos detalhes e deixando os leitores da série um tanto felizes com esta publicação, agora sim os leitores podem interagir com a série. O livro é bastante feminino, dá para notar já pela capa, a diagramação contém muito rosa e cores fluorescentes (<3!!), para mim não é um problema meninos pegarem o livro para usar diariamente, mas não é nada legal ser visto na rua com um desses né? 


O livro é ótimo, bem interativo e cheio de coisinhas para fazer, talvez em breve eu mostre algumas coisas que eu fiz - afinal, ainda tenho que criar coragem para rabiscar essa fofura. 

Um beijão, e até a próxima! 

Post a Comment