Resenha: "Desafio" de C.J. Redwine


Autora: C. J. Redwine
Editora: Novo Conceito
Páginas: 368
Série: Desafio, volume 1
Avaliação: ★★★★

Prepara-se para personagens intrínsecos, realidade dura e muita, mas muita ação e mistério no desenrolar de 368 páginas! 

Rachel é uma garota atípica em relação a todas as garotas de sua cidade. Enquanto todas as garotas de Baalboden estão aprendendo, na companhia dos seus protetorados, a bordar, dançar, servir a mesa, ser delicada e ingênua além de inferiores aos homens Rachel aprende com seu pai a usar armas com habilidade, se virar sozinha e ser uma verdadeira guerreira. Quando o pai de Rachel não volta de uma de suas missões todos acham o que mensageiro está morto, para sua filha ele ainda está vivo e perdido em algum lugar, dessa forma ela será capaz de enfrentar qualquer um para salvar a vida do seu pai, mas quando ela demonstra que seu pai ainda está vivo, os olhos do Comandante - o ser tirano e corrupto - são direcionados para a menina e segredos horripilantes serão desvendados.

Em contra partida a Terra está devastada por monstros, os Malditos, com aparência de um dragão sem asas que cospem fogo e foram libertados em uma escavação. Para manter a sobrevivência da população foi-se necessário a criação de cidades isoladas do mundo sob o comando de um único governador - O Comandante. O Comandante é o ser mais insano e fará de tudo para ter poder sobre qualquer um e fará de tudo para se fortalecer cada vez mais, até que... Rachel aparece no seu caminho.
"Não sou uma garota com sonhos. Nem com esperanças. Sou uma arma, agora."
Desafio é narrado em primeira pessoa pela visão de Rachel e do seu protetorado e ex-paixonite Logan (suspiros), um jovem super inteligente e fofo, cada um pensa de uma forma diferente. Enquanto Rachel é totalmente explosiva, valente e as vezes imatura Logan é totalmente seu oposto, metódico, detalhista e esperto. Ambos forma uma dupla dinâmica muito boa, um é o cérebro e o outro é a arma, mas quando sentimentos antigos serão colocados a prova, diferenças terão que ser aceitas e as dores serão compartilhadas. Em suma, C. J. Redwine dá aos seus personagens personalidades bem excêntrica e fortes, com diversas interações e problemas que só eles têm; encaramos não só o problema que Rachel e Logan encontraram ao desafiar o Comandante, mas também problemas ligados ao passado. 

 Escrito com uma narrativa que empolga e anima o leitor - visto que narrativas em primeira já produz essa sensação de estar mais perto dos personagens e de seus opiniões - Redwine insere seus leitores em um mundo totalmente novo, cheio de ação e drama. Se distopia significa revolução e querer tudo de uma forma bem diferente como está, Desafio é um livro que faz jus ao tema. Os personagens serão capaz de fazerem tudo o que for preciso para mudar as próprias vidas e de todos aqueles que também sofrem injustamente. Claro que não é somente ação, luta e mortes. Tem um romance, capaz de tirar suspiros, super fofinho se fazendo durantes os capítulos para alegrar  e fazer todo mundo se derreter.
"Ninguém sabe o que fazer o tempo todo, Rachel. Todos nós fazemos apenas o melhor que podemos com aquilo que temos. Às vezes dá certo. Outras vezes arruinamos tudo."
A diagramação e revisão do livro está boa, a capa está espetacular e segue o padrão das capas americanas. O livro deixa grande expectativas para o próximo volume, deixando pontas soltas a serem resolvidos e deixando o leitor necessitado a saber o que vai acontecer. Eu preciso do próximo logo! Uma leitura recomendada para quem gosta de fantasia, eras medievais e muita ação. 

_DEIXE UM COMENTÁRIO

  1. Demais demais! Eu nem sabia disso, como você fica sabendo desses lançamentos?

    ReplyDelete