15.7.14

Resenha: "O Feitiço Azul" de Richelle Mead

Autora: Richelle Mead
Editora: Seguinte
Páginas: 400
Série: Bloodlines, volume 3
Avaliação: ★★★★


O Feitiço azul é o terceiro livro da famosa autora Richelle Mead que leio e já digo, eu preciso ler mais, estou ansioso para começar a ler Academia de Vampiros e conhecer ainda mais o mundo criado pela ruiva. 

Antes de continuar a resenha, fique atento: mesmo sendo totalmente contra dar spoilers pode ser inevitável não dar spoilers a essa altura, estamos no terceiro livro da série spin-off Bloodlines, muita coisa aconteceu de lá para cá e talvez (talvez) eu não consiga evitar alguns spoilers, então se você ler a resenha e pegar spoilers não diga que não avisei! 

"Você pode pensar o que você quiser, fazer o que você quiser, mas eu vou continuar apenas amando você, mesmo que seja sem esperança alguma."
Acho incrível a narrativa de Mead, a cada novo volume ela acrescenta uma nova história ou um novo rumo para a história tomar, o que é fabuloso, porque parece que entramos numa série de detetive e mistérios - o que é quase verdade; o foco ainda é encontrar Marcus Finch e descobrir o que ele tem a ver com os guerreiros e com os alquimistas, porém uma feiticeira está se alimentando do poder e beleza das jovens usuárias de magia e cabe a Sydney e Adrian encontrar e acabar com a malévola. 

O livro é bem dosado, o ritmo não é lendo e nem muito rápido, é um ritmo muito bom para curtir a leitura e mantém tudo no modo como deve ser, tranquilo e com ação. Esse compasso de Mead é importante para o desenvolvimento dos personagens principais e, para os leitores conhecerem eles ainda mais, o romance de Adrian e Sydney se desenvolve muito, muito mesmo, mas de maneira bem moderada e devagar - o que deixa a leitura bem gostosa porque a gente fica torcendo para que tudo dê certo, sem dúvidas, umas das melhores coisas desse livro é romance. 
" - Deixei de ficar magoado - ele disse. - Deixei de ser temperamental... Quer dizer, sempre sou meio temperamental. É isso que define Adrian Ivashkov. Mas parei com os excessos. Eles nunca me levaram a lugar nenhum com Rose. Não vão me levar a lugar nenhum com você".
Sydney é, sem dúvidas, uma personagem fantástica e conquista o leitor rapidamente assim como já havia citado na resenha do primeiro livro. O que mais encanta na série é ver o quanto a protagonista cresce  e amadurece durante a cada novo volume, enquanto lia O feitiço Azul, fiquei me perguntando se Sydney era a mesma personagem de Laços de Sangue ou de O Lírio Dourado, é óbvio que é a mesma personagem, mas ela mudou tanto durantes os três livros. Se isso é ruim? Muito pelo contrário, isso me fez gamar ainda mais pela série, pois Sydney abre os olhos e enxerga a realidade (ok, nada de spoilers).

Os personagens secundários não se destacam muito, com exceção a sr. Tewilliger, ainda temos Jill, Eddie e também ganham um pouco de cena Trey e Angeline. E apesar de não aparecem tanto a autora ainda desenvolve uma pequena narrativa paralela à Sydney. É fantástico o modo como esse mulher escreve e ainda interliga várias histórias, oh lord, estou apaixonado pelos livros de Mead!

Em suma é um livro bem dosado e cheio de fofura, mas a autora não se baseia somente no romance de Adrian e Syd, ela cria ação e bastante mistério para ser descoberto. Uma leitura recomendada para os fã de Mead (óbvio) e também para que não aguenta um romance e mistério. Só digo uma coisa: leia! 

Um comentário

  1. "Será só eu que acho as capas da série perfeitas?"
    NÃO, GATO! EU TAMBÉM AMO ELAS!! *-----------------*
    Omg! Como eu amo essa série! Sabe, eu li apenas o primeiro livro em eBook, a resenha tá quase pronta, mas ainda precisa de alguns retoques. HAHA.
    Ah! eu faço uma tática sobre livros que são em Saga. Eu espero sair todos os livros para começar a ler. Daí, se eu gostar, eu devoto toda saga de uma vez e não fico na angústia de ficar esperando séculos para lançar a continuação. Hihi. Sou esperta. AUHSUSHIUSHAIUSHAIUSHAUISHISUHIUHS Q
    Eu vi o filme e a Lena é feia! Não gostei da atriz, na verdade aquele filme tá todo errado! Mas, sabe, eu gostei mesmo assim. Não me entendo. KKKKKKKKKKKKK

    www.november92.com

    ResponderExcluir

© setecoisas.com.