11.4.14

Resenha: Quem é você, Alasca?

Autor: John Green
Editora: Martins Fontes
Páginas: 229
Avaliação: ★★★★★
"Só não entendo por que você fica tão obcecado, querendo desvendar tudo o que acontece por aqui, como se tivéssemos de solucionar todos os mistérios." 
Sem dúvida alguma quando você fala de John Green já vem A Culpa é das Estrelas na cabeça, não tem como negar, esse foi um dos livros mais importantes para a carreira do autor, mas ele não foi o primeiro. "Quem é você, Alasca?" era um livro que eu estava desejando a ler há muito tempo, desde mesmo antes do lançamento de ACEDE, mas só agora pude ler e ver o quão o seu primeiro romance é grandioso e fantástico, e talvez tentar falar como ele chegou na minha ala de favoritos. (Talvez eu não consiga falar sobre ele) 

Miles Halter, o Gordo - que não tem nada de gordo -, é um colecionador de palavras, mas não somente palavras, são as últimas palavras (antes de pessoa morrer). Inspirado nas palavras de um poeta francês ele vai em busca de um Grande Talvez, nessa busca conhece Alasca Young , uma menina inteligente e que tem o seu próprio jeito de encarar as ilusões da vida, possuidora de uma pergunta de tirar o fôlego: Como sairemos deste labirinto de sofrimento? 
"O medo não é uma boa desculpa!" ela gritou para o sofá. "O medo é a desculpa que todo mundo sempre dá!" (leia
A trama é contada pelos olhos do Gordo, mas temos cinco personagens superimportantes: Coronel, Alasca, Miles, Takumi e Lara. Sem um deles não seria possível construir essa história tão fantástica. Mas quem conquista mesmo é Alasca, com seu jeito enigmático, fantástico e instável. Ela tem uma biblioteca pessoal, a biblioteca da vida dela, e com seu jeito todos se apaixonam por ela (até eu). 

O livro é construído com uma dinâmica muito bacana, você começa o livro numa ordem cronológica "x dias antes" e isso deixa você ansioso para saber o que vai acontecer e até faz você querer ler algumas partes do final da história, mas você encontra "x dias depois", aí você descobre que precisa saber o que acontece, e bem o que acontece é surpreendente, e acaba de prendendo até o fim do livro. É um livro simples, mas é magnifico e bem escrito, leia leia leia
"Chega uma hora em que é preciso arrancar o Band-Aid. Dói, mas pelo menos acaba de uma vez e ficamos aliviados."
Para alguns é somente uma história normal, sobre adolescentes inconsequentes ou  imaturos. Mas para mim, não é nada disso, e sim concordo com meu amigo, é um livro que não tem como ser adaptado para as telonas, e eu não vou aceitar, assim como ele, que seja adaptado. Porque pela primeira vez, acho que toda a grandiosidade do livro vai ser perdida, que não será possível transcender os sentimentos, os pensamentos para apenas duas horas de filme. Quem é você, Alasca? é um livro intenso demais para ser resumido, para ser compactado em horas, então por isso leia e se aventure nos trotes e fumaças desses adolescentes que sabem tanto e ao mesmo tempo nada sobre a vida. 

Mais uma resenha que faço chorando, bem, estou chorando de verdade enquanto escrevo. Talvez o John Green tenha essa capacidade em mim, de me fazer chorar com seus livros, ou melhor, com seus personagens irresistíveis, intrínsecos e maestros de uma singularidade, que, só, eles, possuem.  Mas não é somente na resenha, enquanto estava lendo eu me desintegrava em lágrimas, em sussurros e pedia bis, pedia mais, gritava e pedia mais. 
"Passamos a vida inteira no labirinto, perdidos, pensando em como um dia conseguiremos escapas e em quanto será legal. Imaginar esse futuro é o que nos impulsiona para a frente, mas nunca fazemos nada. Simplesmente usamos o futuro para escapar do presente."  
Esse é um daqueles livros que tem um grande valor emocional, não só por ele ser lindo, mas acho que ele sempre me lembrará alguém, eu amo esse livro por vários motivos, por sua diferença, por seus personagens, pela pessoa que me recomendou e implorou para eu ler. Pelo fato de que esse é uma história única e que, viver nunca será um problema, mesmo que seja uma história contada por "adolescentes", ele ensina muitos valores. Com certeza, Quem é você, Alasca? é um daqueles livros que você leva para a eternidade, junto consigo, para sempre. 
"Só queria dormir com ela, no sentido mais inocente da palavra. Mas eu não tinha coragem. Ela tinha namorado. Eu era um palerma. Ela era apaixonante. Eu era irremediavelmente sem graça. Ela era infinitamente fascinante. Então voltei para o meu quarto e desabei no beliche de baixo, pensando que, se as pessoas fossem chuva, eu era garoa e ela, um furacão."

7 comentários

  1. Igoor, não me mate ok? Mas eu não gostei de Quem é você, Alasca? "/ Achei alguns momentos muito forçados e não consegui me envolver com a história, talvez tenha lido no momento errado ou não tenha gostado mesmo, só sei que não gostei e não vou reler pra saber se mudo de opinião rs.

    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode acontecer de você ter lido na época errada, ou talvez você precise ler novamente daqui uns anos! Ou você pode ter desgostado porque é o primeiro livro do autor, ele devia ser bem jovem e inexperiente.

      Excluir
  2. Eu ainda não li e pretendo ler em breve, ma não é uma livro que pretendo comprar primeiro, acho que vou baixar e ler no kobo mesmo se eu gostar eu compro o livro. E a sua é a primeira resenha positiva sobre Quem é você, Alasca? que eu já li, e me deixou um tanto quanto interessada pra ler, vamos ver o que eu acho né! haha. ^-^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, sim. Não acredito, você tem que ler, bem, muitas pessoas não gostaram por esse ser o primeiro livro do autor e tudo mais, mas eu achei a narrativa tão boa quanto de ACEDE. Agora você, depois que ler, tem que passar aqui e deixar um comentário falando o que achou.

      Excluir
  3. Meus parabéns! Amei a maneira que vc usou para se
    expressar, me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso...
    se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas
    religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias
    cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus
    jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura...a capa
    do livro é linda ela traz o universo como tema.

    http://www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?nitem=78725243

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. você é tão chato!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Excluir

© setecoisas.com.