Resenha: "Enfeitiçadas", de Jessica Spotswood

Autora: Jessica Spotswood
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Avaliação: ★★★★★
Série: As Crônicas das Irmãs Bruxas, volume 01.

Quem não gostaria de nascer com magia no sangue? Poder falar encantos e fazer objetos flutuarem, poder entrar na mente das pessoas e poder mudar o clima (seria bem legal né? Ainda mais com esse calor dos, bom, você sabe). Se existe alguém que não queria nascer com magia correndo pelas veias esse alguém é Cate Cahill. Ela tem todos os motivos para odiar ser bruxa, afinal voltamos para o século XIX, onde a existência de magia não deve existir. Então, voltamos novamente para uma era machista, mulheres sendo submissas aos seus maridos (aliás, a qualquer homem) e sem direitos (elas não podiam ler, uma pena não é? Também não podiam ser inteligentes ou opinar.).  Mas como a possibilidade de deixar de ser bruxa é nula, a única coisa que Cate pode fazer é se cuidar e cuidar das suas irmãs, para que vossas magias não possam ser vistas, pois se isso acontecer, vocês já sabem não é? (Joana Darc deixa a dica) 

Além de se prevenir e prevenir suas irmãs dos olhos dos Irmãos (espécie de fraternidade religiosa que caça bruxas), Cate se encontra no ápice dos seus 17 anos, ao atingir essa idade ela deve ser casar por obrigação, ela pode escolher com que se casar, mas caso não escolha, os Irmãos escolherão para ela. Mas existe outra possibilidade: ir para o convento (essa possibilidade é nula logo de cara quando você começa a ler o livro). Qual será a escolha mais sensata para Cate escolher? Como manterá ela e suas irmãs a salvo?
"É uma pena termos chegado a esse ponto, em que as pessoas têm medo de livros!"
Uma trama bem escrita e com uma narrativa singular, foi uma leitura demorou um pouco para terminar (por motivos pessoais e por não ter tanto tempo para ler, estava me divertindo, amor de verão), mas percebo que é o livro bem fluente e que pode ser rapidamente lido. Talvez essa leitura instigante tenha feito as pessoas amarem a história, mas são os seus personagens que ganham mesmo a atenção do leitor. Extraímos pelos olhos de Cate um visão sobre suas irmãs, sobre sua vida e sobre tudo o que está em sua volta. Odiamos alguns seres, mas também amamos outros.

É um livro muito bom, sim, mas não deixa expectativas para um próximo. Mas claro, se eu tiver o próximo livro na estante eu vou ler sem problemas. O motivo de baixas expectativas é: a história é mais do mesmo, não fui capaz de encontrar um ponto-chave que pudesse me fazer tirar o fôlego como tirou de várias pessoas (em maioria mulheres).
"Eu levaria embora alguns dos seus problemas se pudesse."
Também absorvemos laços familiares e amores juvenis na história, o que a deixa bem mais humana. Briga de irmãs ou um (suposto) triângulo amoroso estão esperando o leitor de Jessica Spotswood. Recomendo e desrecomento (positivo negligenciado), vocês podem adorar a história assim como podem odiar, fica ao critério de cada um, mas se você já leu ou ainda vai ler, não deixe de escrever seu comentário aqui, vou querer saber!
"Será que o amor já me transformou em uma garota tonta e sonhadora?"

  1. Tô na metade do livro e a leitura não tá fluindo como eu esperava =/ Vamos ver se fica melhor, né não? haha

    Beijos
    www.procurei-em-sonhos.com

    ReplyDelete