Resenha: Tipo destino

Autora: Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288
Avaliação: ★★★★★

“Tipo destino” é um livro que eu estava ansioso para ler e não via a hora. Desde quando li o segundo livro da autora, Esperando por você, lançado também pela Editora Novo Conceito, me vi admirado por sua escrita e por abordar sempre temas jovens. A leitura desse exemplar é fácil e muito prática – isso que dizer rápida e flexível. Além de uma escrita amável, Susane Colasanti cria uma história bastante comum: quando duas garotas gostam do mesmo cara e elas são melhores amigas.

Lani e Erin são amigas do destino, é isso mesmo gente, elas sempre acreditaram nessa coisa de destino, como se tudo já estivesse prescrito e que elas pudessem encontrar um amor ou realizar um sonho através de "sinais", como ler a mão, ler cartas de tarô, estudar as estrelas, viver lendo o horóscopo... - frescura de meninas. A amizade das meninas também é marcada pela "segunda vida", elas sofreram um acidente e ambas sobreviveram, além de terem muito em comum as duas mantêm esse laço de segunda chance. Até que... uma delas encontra o cara. Não que as duas gostem do mesmo cara e começam a brigar. Tipo destino é um livro que joga na defensiva, ali, como se o destino tivesse opinando para que as pecinhas de lego se encaixasse em seus devidos locais (por favor, nada de quadrado onde tem bolinha). 

É um livro tão previsível, mas muito gostoso de se ler. Susane sabe escrever sobre adolescentes, amores jovens. Sabe também entrelaçar o leitor com os pensamentos de Lani, fazendo, as vezes, até ficar com raiva da protagonista. "Lani está na cara!". "Não tem essa, você sabe o que tem que fazer Lani.". Falando sobre Lani, bom, ela é uma personagem muito legal, inteligente e que se importa com tudo ao redor desde com o meio ambiente até com os sentimentos da sua amiga. 

Para as meninas...
Então Colasanti criou um personagem que cativa as leitoras desde o início. Jason é o cara perfeito. Sim, não que eu ache. Mas ela o descreve como o menino mais bonito de toda escola, ele é fofo, romântico, atencioso... blé! Vocês irão adorar esse personagem, até eu mesmo gostei dele, por tirar aquela sensação de homem safadão. Jason é mais essencial, mais afeminado. 

A lição desse livro é amizade acima de tudo, mesmo que o cara mais sexy, gato ou perfeito da escola esteja aí para provar esse laço. Mostra também que existe amizade, quando postas a prova pode acabar de uma hora para outra, aí você percebe se era mesmo amizade. Com uma escrita deliciosa, Susane Colasanti, conduz e instiga o leitor de uma forma voraz e prazerosa. Não é o melhor livro do mundo, mas é uma leitura gostosa para uma tarde ou sem muito compromisso. 

  1. Oi :)

    Ainda pretendo comprar todos os livros dessa autora, só para relaxar mesmo. Beijos!

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/

    ReplyDelete
  2. Já li dois livros da Susane Colasanti, um deles achei bem fofo e o outro me irritou bastante. Não tenho muito interesse em ler esse. Ótima resenha :D

    Beijo,
    Naty - Just Books.

    ReplyDelete
  3. Eu li "Bem Mais Perto" da autora e eu não gostei muito. Achei a protagonista muito imatura e me irritei com várias ações dela. Não tenho muita vontade de ler os outros livros da autora por parecerem ter enredos e personagens bem parecidos.

    ReplyDelete