Resenha: "A Elite", de Kiera Cass

Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 355
Avaliação:  ★★★★
Série: A Seleção, volume 2.
O amor é um desastre belo. 
Pode ser mais adequado você ler a resenha do primeiro livro, A Seleção, tentarei não dar spoilers nessa resenha, porém isso não impete de ter spoiler,  fica a ressalva de que aviso neste paragrafo. 

Após favoritar A Seleção, estava com um desejo imenso de continuar a ler a série, isso também se deve ao "folheto-livro" O Príncipe, que conta um pouco a história pelos olhos do amado Maxon. A Elite veio todo todo me deixando com mais vontade e ansiando com o que vai acontecer com esses personagens tão carismáticos. 

No primeiro dia tinham 35, no segundo 26, semanas depois sobraram somente 6. America obviamente agora está entre as meninas da Elite; dentro do palácio está cada vez mais arrochado as brigas aumentarão e também as atividades manterão Meri, Marlee, Celeste e as três outras meninas sempre ocupadas. Além das obrigações, acontecem ainda mais ataques rebeldes contra o a nobreza. Por meio de festas, bailes, chás e fugas Kiera Cass acrescenta o clichê triângulo amoroso.

Somos capazes de perceber o que essas garotas são capazes para obter um cargo, um sonho, um coroa e um amor. Outras percebem que não vale a pena lutar pelo coração do príncipe quando seu próprio coração se encontra nas mãos de outro cavalheiro  isso não é spoiler, é? Outro ponto que se destaca bastante é a política, também citada no primeiro livro — eu não prestava muita atenção nessa parte, o sentimentalismo e o romance de Meri era muito mais importante —, mas que no segundo teve um peso substancial para o enredo. Os pesos e consequências que o cargo pode oferecer as jovens 'escolhidas'. 

Em A Elite acabamos sendo encurralados pelas indecisões de America entre o príncipe e o soltado — triângulos amorosos sempre oferecem um temporada exaustiva e ao mesmo tempo excitante, saber que ela vai escolher independente de que eu ache que ela deva escolher. Falando ainda em America e suas escolhas, as intenções de Maxon e Aspen são um tanto confusas, deixam a coitada da America perturbada. Creio que não é somente America que fica indecisa entre os dois cavalheiros, afinal, sempre queremos o melhor para uma protagonista tão bela e forte quanto America Singer. 

A Elite é uma confusão na cabeça do leitor, é um livro tão bom quanto o primeiro e que deixa expectativas enormes para o terceiro e último livro, A Escolhida. Sofreremos aí alguns meses até ser lançado pela Editora Seguinte, que acertou nessa trilogia tão querida e deliciosa. 
"O protocolo era preto no branco. Os passos para uma proposta de lei eram claros. Tratava-se de coisas que eu podia dominar." Página 260
Se você tem que ler? Não tenha dúvida disso.  

  1. Essa série parece ser ótima, estou doida pra ler!

    ReplyDelete
  2. Fiquei doida pra ler agora ^^

    livrosseriesemelodias.blogspot.com.br

    ReplyDelete
  3. Olá, a cada nova resenha que leio dos livros da Kiera Cass a minha vontade de ler só aumenta, a capa e a historia me encantam muito e pelo que todos comentam é mesmo incrível, adorei a resenha e me deixou com mais vontade ainda de comprar.

    Beijos
    deliriumliterario.blogspot.com.br

    ReplyDelete