Resenha: A cabana


Autor: William P. Young
Editora: Sextante
Páginas: 236
Avaliação: Muito bom!

Se você pensou que um livro religioso poderia ser cansativo, massante e exaustivo. Willian mistura a fantasia a teologia, numa leitura misteriosa, fascinante e reflexiva. Me sinto culpado em não ter lido esse livro antes, ganhei ele em 2008, somente em 2011 criei vontade para ler. Aí vem aquela sensação, por que não de ter lido antes? 

Num desses dias de passeio tranquilo, dia de piquenique... A tranquilidade passa quando a filha de mais nova de Mack Allen, desaparece. Após uma espera desconfortante uma notícia perturbará Mack, é encontrado indícios de que sua filha, Missy, foi assassinada em uma velha cabana. Mesmo após quatro anos, a tristeza ainda encontra-se alojada dentro de Mack, levando-o a criticar mais o poder de Deus e por enfim, a dúvida se Deus existe. "Se Deus é tão poderoso, porque não faz nada para amenizar o sofrimento? Ou até mesmo impedi-lo?". Até que um dia, ele recebe um bilhete, assinado por Deus, convidando-o para ir aquela cabana que trouxe tanto sofrimento.

Um convite para passar o final de semana com Deus, não somente o protagonista como o leitor também.  Mesmo tendo crença na existência de Deus, Jesus Cristo e Espirito Santo, venho a calhar sobre essa existência. A Cabana veio com essa proposta, mostrar de um jeito mais amplo o sentindo da coisa. Durante toda a leitura eu me pegava viajando e refletindo sobre cada pensando proposto de William P. Young, através de A Cabana. Encontrei nele a resposta para muitas das minhas perguntas, que muitas Igrejas que frequentei não soube dar uma sensação "palpável" e concreta. Há dois anos li o livro e resolvi fazer a resenha porque é um livro tocante. Lmbro-me de ter chorado em momentos durante a leitura — do inicio ao fim do livro, praticamente — e continua no meu inconsciente e consciente desde quando eu li e até hoje nesse exato momento reflito sobre ele. 

"Algumas considerações finais de Willie. Mack gostaria que eu lhe transmitisse o seguinte recado: "Se você odiar esta história, desculpe, ela não foi escrita para você." Mas eu quero acrescentar: afinal, talvez tenha sido. O que você vai ler é o máximo que Mack consegue recordar daquilo que aconteceu. Essa é a história dele, não a minha." — prefácio do livro. 

Por isso convido você para ler as surpresas que o livro oferece. Te convido a ir onde tudo começou, na velha cabana. O que Mack encontrou nela o mudou para sempre. Chegando até mim de forma impactante e acolhendo-me por ver o verdadeiro sentido que Deus é, e sempre será, amor. E aquela velha frase "A fé move montanhas" é sim, real.

  1. Gosto muitos de livros que mesclam histórias com espiritualidade. Sei que este livro mudou a visão de vida de várias pessoas, porém ainda não o li! Lerei em breve.

    ReplyDelete
  2. Oi Igor!

    Já li o livro A Cabana há um bom tempo mas ao contrário de você achei a narrativa bem cansativa e arrastada, principalmente no meio do livro quando Mack chega na cabana e tem toda aquela conversa como Deus. No entanto reconheço que o livro traz uma mensagem muito bonita e merece ser lido.

    Beijo,
    Naty.

    ReplyDelete
  3. Oi Igor, há quanto tempo, não é?
    Senti saudade, e vergonha de mim por não ter mais comentado.
    Esse livro parece ser bom. Mas estou em dúvida se compro ele ou outro!


    http://garotasbronzeadas.blogspot.com.br/

    ReplyDelete
  4. Oie, parece ser um livro muito tocante mesmo e confesso que nunca tinha lido a sinopse dele. Quero ler em breve, pois também estou adiando a leitura há séculos.
    ;)
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ReplyDelete
  5. Eu li esse livro em 2008 e em 2009, reli. É um livro perfeito, um dos mais magníficos que já li. Ouvi muita gente dizendo que não gostou, mas eu fui umas das pessoas que adorou a história e levo pra sempre as conversas dos personagens comigo. Ainda quero lê-lo uma terceira vez, pois a segunda leitura foi melhor que a primeira, acredito que a terceira seja ainda melhor, hahaha!
    Beijo.

    ReplyDelete
  6. Oi Igor.
    Já li esse livro há bom tempo, e lembro que foi sim uma história emocionante e marcante.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ReplyDelete
  7. Eu li esse livro e adorei. Ele é muito bem escrito e prende a gente do começo ao fim. Gostei muito da resenha.

    OBS:
    Indiquei o blog no Desafio de férias. http://arquitetosdepalavras.blogspot.com.br/2014/01/desafio-de-ferias.htmls

    ReplyDelete
  8. Deixem que A Caban é livro muito espirituoso e renova sua crença na fé.
    Geralmente não leio este tipo de livro, mas quando quero respostas, ou ate mesmo um acalento, sinto que eles são perfeitos
    Parabens pela resenha Igor

    baianaliteral.com

    ReplyDelete

  9. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso ... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ReplyDelete
  10. Eu, mesmo não sendo católico ou cristão (sou o tipo de pessoa pagã que acredita em todo tipo de força, seja ela boa ou ruim) fiquei apaixonado pela história do livro e muito mais do que isso, amei a forma que foram representadas as divindades sem o mesmo padrão de sempre. Esse é um livro que eu lerei mais vezes e que recomendo para qualquer um, não importa a religião ou crença.

    Meu Blog: www.umcontainer.com

    ReplyDelete