26.11.13

Resenha: "A Seleção", de Kiera Cass

Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 368
Avaliação: ★★★★★ 
Série: A Seleção, volume 1.

Sem sombras de dúvidas A Seleção é um livro excelente para as todas as garotas, e não somente para elas, é um livro engraçado e delicioso. Não importa como você encontrou este exemplar: por te lido a sinopse, por indicação de amigos ou simplesmente por ter achado a capa espetacular e comprou, o fato é que você vai gostar de A Seleção de uma forma ou de outra - eu espero que você goste muito, muito. 

Em um futuro onde que os Estados Unidos passaram a ser Estado Americano da China, encontra-se Illéa, o mais novo país que vive em hierarquia e divide a sociedade em castas, mais de sete castas, ao passar da quarta casta o sinal de pobreza já apita. Para o controle do país é necessário um casal prestigiado pelo público, forte e que passe confiança. O Rei já passou do tempo e, o filho está para atingir a maioridade e continuar com a mão de ferro do pai, porém o príncipe precisará de uma esposa para acompanha-lo. Com isso, foi criada a Seleção, uma tradição há vinte anos executada, cujo todas as garotas do reino se inscrevem, mas apenas 35 são escolhidas. Quando são escolhidas, essas passam a viver no palácio e o futuro herdeiro terá que escolher uma dentre elas, para se tornar sua confidente, amiga e acima de tudo esposa.

A realidade é simples; nem todas as garotas querem ser princesas. America Singer, por exemplo, tem uma vida de Cinco não é boa não é ruim. Ela não precisa se inscrever na Seleção, também não deseja participar de uma disputa por um príncipe de nariz empinado. Mas ela precisa de dinheiro, por pressão da mãe para que participe do 'sorteio' e pelo coração ferido recentemente, toma a decisão de se inscrever, com o pensamento de que dentre as milhares de garotas ela nunca seria sorteada. Matando tudo de uma paulada só: quando está dentro do palácio a família recebe uma quantia para gastar, agrada a mãe e acha que longe do ex-namorico pode consertar o coração. 

Será sorte ela ter sido sorteada? Ou azar? No primeiro dia dentro do palácio, America já enlouquecerá e fará coisas que nenhuma das outras trinta e quatro garotas fariam. America aguentará a pressão de ficar confinada ao príncipe até o fim da seleção? E o que príncipe pensa disso tudo?

A supremacia do primeiro livro da trilogia, que recebe o mesmo nome, A Seleção, só pode ser considera eficaz pela criatividade de uma competição entre garotas por um príncipe e por personagens tão carismáticos, sensíveis e engraçados. Quanto a competição, é algo simples - já assistido em filmes e lido em diversos livros -, mas, quando a autora intercala o conflito das trinta e cinco garotas com personalidades fortes, reais e bem construídas, ela possibilita um apego pelo livro sem explicação. Não é uma história magnífica, porém é uma história única, que somente Kiera Cass poderia construir com maestria e engenhosidade. 

Kiera Cass te seduz ainda no comecinho da leitura, por ser algo um pouco feminino e 'delicado' o leitor é influenciado pela leitura leve, rápida e feroz. Os capítulos são longos, pouco perceptíveis no calor do momento, lido de um dia para o outro, A seleção está entrando para os meus favoritos e também para os recomendados.

America Singer me conquistou desde o início do livro com seu jeito bipolar de menina mimada e também de menina durona, não consigo ainda me decidir de qual lado da protagonista me identifico mais, ou se, pelo fato dessa bipolaridade tive um apreço tão rápido pela personagem. Mesmo se eu não gostasse de Meri não me restaria solução, já que o livro é contato pela sua perspectiva, e cá entre nós, eu precisava terminar de ler A Seleção - e também estar com A Elite em mãos! 

A Seleção, lançado praticamente junto com o selo Seguinte, em 2012, marca essa resenha com um super recomendo, leia o quanto pode; o terceiro livro já está para sair e você não quer ficar de fora e ficar sem saber do que essas meninas são capazes para conquistarem um homem poderoso ou uma coroa.

2 comentários

  1. Eu gostei muito de A Seleção e nem tanto da America rs, mas estou louca para ler A Elite que dizem ser ainda melhor *u* Aceito de presente viu Igor U.U HAHA

    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. TUNDUNDUNTS SAIUUUU A RESENHAAAAAAA. Igão, deixa eu te falar: o pouquinho que eu li desse livro eu achei tipo MARAVILHOOOOOOOSO. A Kiera escreve de um jeito que não te desprende da leitura, mesmo vc estando no shopping. Eu infelizmente não pude ler a resenha porque eu to com medo que tenha algum spoiler.
    Beijão da Lari <3
    http://pseudobailarina.blogspot.com

    ResponderExcluir

© setecoisas.com.