Resenha: Lições de Vida


Autora: Anne Tyler
Editora: Novo Conceito
Páginas: 368
Avaliação: ★★★

No segundo livro da Anne Tyler publicado nacionalmente pela Editora Novo Conceito, a autora demonstra-se ainda mais detalhista. Numa escrita rápida, jovial, igual, cômica e simples. 

Maggie Moran é aquela típica pessoa que quer cuidar da vida de todos ao seu redor. Ela é “intrometida”, está sempre tentando fazer com que a vida dos seus próximos melhores. Sendo capaz de perder tudo por um sorriso. Mesmo sendo faladeira, desastrada, desajeitada e impetuosa tem alguém que aguenta Maggie a 28 anos, esse alguém é Ira, que é o oposto de Maggie (mas é o velho ditado "os opostos se atraem"). Sempre com mesma rotina e a tolerância de um aceitar o outro. Com a morte do marido de uma velha amiga do casal, fica decidido fazer uma viagem a um funeral. Mas ninguém sabe o quanto é inesperado, maluco e engraçado o percurso durante a estrada. Em busca de aventura e lembranças de sentimentos há muito deixados para trás.
"Ira ficou se perguntado por que Maggie sempre tinha que convidar outras pessoas para dentro da vida deles. Ela achava que um mero marido era suficiente, ele desconfiava. Dois não era um número satisfatório para ela." Página 167
O livro contém personagens muito bons, um bom enredo, um ótimo cenário... O livro tem tudo para ser bom, mas sabe quando o livro não é o livro? Isso aconteceu com o primeiro livro - O começo do Adeus - que li da autora, onde tinha tudo para ser bom, mas ela deixou passar. Apesar de a obra ser vencedora do Pulitzer Prize, sinto que faltou algo. 

Lições de vida, é com toda certeza lições de vida. Anne Tyler apesar de abordar uma história monótona, provoca reflexões.  Não dá para deixar todos contentes, a vida segue em diante, o passado é passado. E na viagem na curva da alegria, na rodovia viver é mostrado como é sempre bom ter um companheiro que possa se apoiar e, compartilhar os sentimentos mais profundos. 
''Poxa, a gente se divertiu muito. A gente era um casal que botava para quebrar, sempre juntinho eu vou dizer. É uma coisa para se pensar na casa de repouso."

  1. Lindos quotes!
    Esse livro não chamou muito minha tenção!
    Beijos
    Rizia - Livroterapias

    ReplyDelete