28.6.13

Para gostar de ler


Desde quando a biblioteca da escola Centro de Ensino Fundamental INCRA 08, atualmente, Centro Educacional INCRA 08, começou a lotar, estava perceptível que os alunos estavam gostando mais de ler. Um salto de 10 pessoas para 50 pessoas frequentemente entrando e saindo da biblioteca escolar. Em 2011, era bastante vazia no período vespertino, em 2012 com os professores voltando projetos de incentivo a leitura e provas relacionadas a certas obras, incentivou em 2013, os alunos a visitarem a biblioteca forma livres, para que eles entrassem porque realmente gostassem do sabor e o prazer da leitura.

Só existe leitura onde ler é uma tradição nacional; o hábito vem de casa e são formados novos leitores. Com uma pesquisa feita recentemente pelo Instituto Pró-Livro o brasileiro lê em média quatro livros por ano e apenas metade da população pode ser considerada leitora. “muitos brasileiros foram do analfabetismo à TV sem passar na biblioteca. No meu tempo escolar os professores costumavam indicar livros, mas que não pareciam legais a uma jovem de 15 anos, assim foi apresentado só a obras com linguagem difícil e que acabava ficando chatas. Com isso muitos perdem o gosto pela leitura” diz Jaqueline Milhomem de 31 anos, que adora ler.

Há alguns anos a leitura vem sendo cada vez mais aguçada em nossa sociedade, mas, certamente com o avanço tecnológico os livros acabam perdendo muitas vezes, quando tem que competir com estes no mercado da diversão, lazer e prazer. Nesse período digital a concorrência entre ficar o dia todo no facebook, twitter, youtube... E ler um livro é muito grande. Recentemente foram lançando os livros virtuais, chamados de e-books. Jaqueline afima: “Nos tempos modernos os e-books são muito importantes, pois a internet é um meio fácil de acesso e rápido, e chegam mais fáceis nas mãos dos leitores. Eu prefiro um bom e velho livro de papel, mas há aqueles que amam a era digital e um e-book.”. Será que os livros ganham um espaço maior que as redes sociais dessa forma?

Não basta um livro cheio de marketing ou um livro bastante comentado. Tem que ser “Um bom livro envolve o leitor e faz com que ele leia a obra até o final.” E além de se divertir o leitor também terá informação, sentido das palavras, escrita, e ocupação da mente. Agora pode ser usado aquele velho ditado “quem lê bem, escreve bem”. Ainda acha o livro coisa de pateta? Ainda não está com um na mão? Corre e vá ler um agora! A diversão não espera.

Um comentário

  1. Olá!
    O texto é muito bom,e concordo nesta era digital muitos não tem a oportunidade de ler um "bom livro".Mas espero que o brasileiro mude rapidamente está estatística que comece a ler mais.
    Bjs!
    http://pocketlibro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© setecoisas.com.