// 2 Mar 2013

A irmã negra.



Cena 1:

Brooklyn 1867.

Na parte mais fria, escura e solitária encontra-se uma garota sozinha, abandonada em seu quarto de orfanato.

Mas do outro lado da cidade encontra-se uma família “aparentemente” feliz.

Cena2: Jantar família feliz

Após risadas vem a conversa:
Micaella: Mãe hoje eu estava na casa Ju e ficamos brincando com a irmã mais nova dela. Ah, sabe eu me sinto só, bem que a senhoria podia ter uma filhinha.
Natália: Filha, já conversamos sobre isso.
Micaella: Mas a senhora pode adotar!!!
A mãe abaixa a cabeça.
Pai diz: filha vai pro quarto!
Um segundo de silêncio.
Renato: Bem que podíamos adotar uma crianç...
Natália: Não! Eu não quero filhos de outra pessoa, eu quero um filho nosso, você não me entende?
Renato: Entendo, mas você não pode ter mais filhos.
A mãe passa a refletir sobre a ultima frase, sendo abraça no mesmo segundo por Renato, seu marido.
Renato: Pensa o quanto seria bom adotar uma criança sem família.

Cena 3: Adoção

Narradora: Com o passar do tempo a mãe da família feliz pensou bem em adotar, já que não haveria outra solução, ela não poderia ter um bebê novamente. Passando a adotar uma adolescente, adorável, inteligente, porém negra.

Cena: Renato e Natália adotando a adolescente, Sarah. Voltando para casa.

Cena 4: Chegada em casa

Renato entra sozinho em casa, encontra a filha e diz: Boa tarde filha. — Deixa a maleta na mesa, tapa os olhos dela: — Eu e a mamãe temos uma surpresa para você. Entra amor! Você não queria uma irmãzinha? — Tirando a fenda dos olhos da menina.

A filha do casal olha com cara de decepcionada.
Natália: Vem dar um boas vindas a sua irmãzinha. — diz sorridente.

A filha sem ação sentimental só chega perto para olhar a pequena negra. Porém só a negra demonstra felicidade (abraço).

Micaella empurra a menina negra: Eu não quero ela como minha irmã — sai correndo em seguida.

Cena 5: Primeiro dia de aula

Narradora: Na escola no dia seguinte Micaela não deu a minima para a nova irmã. Sendo menosprezada pela irmã, Sarah conheceu Michael um jovem também é negro e convida para dar um passeio para conhecer a cidade, e a cada dia eles passam a se conhecer melhor. Dias depois, acontece uma cena triste:

Cena 6: Um dia de aula

Professor já esta em sala de aula. Michael e Sarah no mesmo por serem negros trocam olhares, mas não se falam.
Todos surpresos com a chegada da aluna nova vão conversar com ela, por ser novata. Sem ligar para sua cor, mas
Sarah: Oi mica! Estamos na mesma sal...
Micaella: Vocês estão conversando com ela? (cara de nojo) Ela é negra, escrava. Sai daqui sua nojenta. — chega humilhando a irmã
Sarah: Eu sou irmã! — diz com cara de triste
Micaella: Você não é minha irmã, você é adotada. Porque você não vai embora? Não precisamos de uma negra favelada para sustentar.
Sarah sai correndo chorando e o Michael sai correndo atrás dela. 
Professor diz: Porque você falou isso com ela — dando uma bronca em quanto vê a menina sair da sala mostrando a língua. Pensando o professor que era somente briguinha de irmãs. 

Cena 7: Conhecendo

Michael: Você está bem? — diz alcançado a aluna novata.
Sarah: Não, não estou — fala em pés de lágrimas. 
Michael: Não fica assim, que tal sairmos por ai, você pode morar comigo, já sou de maior. Vou te dar uma vida de princesa. 

Cena 8: Arrependimento

Narradora: Michael para ser uma pessoa não é? Quanto cavalheirismo.  Mas as aparências enganam. Um dia depois, Sarah não aparece em casa, muito menos na escola. Todos estão preocupado sem saber o motivo, todos menos — Pausa — Micaela. Até mesmo com suas atitudes ela sente peso na consciência e preocupação. Vasculhando o quarto da recém irmã Micaella encontra um diário. O que está escrito diário? Lá tem tudo, até mesmo onde possivelmente ela poderia estar, (cidade) onde Michael falou. E continuou lendo..

Micaella: Mãe! Pai! — grita, arrancando uma das páginas do diário
Os pais chegam apressadamente para ver o motivo de gritaria. 
Renato: O que foi? O que está aconteceu? 
Micaella: Olha o que eu achei, acho que está nesse lugar. (mostrando o papel)
Natália: Renato liga carro, chama a policia, pega o celular, faz alguma coisa! — Renato pega a folha lê, liga para a policia — e ambos saem andando para a cortina.

Cena 09: Espancamento.

Tiago: Cara o próximo vai chegar atrasado, por causa de um filho da mãe, mas já dei um fim nele.
Michael: O maconha só amanhã, pô véi, vou ficar sem dinheiro. — diz com voz de drogado.
Sarah: Como assim Mai, eu não posso ficar com você. Ele matou uma pessoa, como você pode ser amigo dele? Maconha e que maconha é essa? — diz aos berros
Michael: Cala boca, fica na sua.
Sarah: Eu não quero mais ficar com você, vou a delegacia.
Tiago: Você tem que falar ela não dar um pio. 
Michael: Ah, você não vai não. — diz empurrando ela ao mesmo tempo (fecha a cortina e liga a lanterna) e tanto Michel quanto Tiago começam a vandalizar a pobre garota. 

Cena 10: "Gran Finale" e Diário

Narradora: Sarah foi espancada até a morte. Alguma horas depois de procura, encontraram o lugar, onde infelizmente estava seu corpo.

Micaella: Ela está morta, pai socorro. Mica perguntando para si mesmo: O que eu fiz? Ela gostava de mim. Eu a tratei como um lixo. — diz aos berros, sentando do lado da menina falecida, ainda com diário na mão. 
Renato e Natália: O que você quer dizer?
Micaella: Eu não... — levanta deixando os pais aos choros no chão. Os pais ficaram tão pasmos que nem decidiram interrogar a menina, ficaram no chão mesmo

Agora que ela está morta não adianta mais pedir perdão.

Legenda:  
  1. Natália: Mãe de Micaella e Sarah — Amanda
  2. Renato: Pai de Micaella e Sarah — Igor
  3. Micaella: Filha do casal acima — Rebeca
  4. Narradora: Abestada — Ívia
  5. Sarah: A Jovem Negra — Carol
  6. Bruno: Professor — Elton
  7. Tiago: Amigo de Bruno, traficante — Elton
  8. Michael: Namorado mal-caráter — Diogo

  1. Coitada da irmã negra, isso tudo é bullying!! kkkk, show essa peça e vai ao ar com muuita empolgação!!!!!
    Bjuuuuuuuuuss

    ReplyDelete
  2. Uia coluna diferente, gostei \o\

    ReplyDelete
  3. E quanto tempo ein!!
    Que saudade da correria!!!
    Beijos

    ReplyDelete