16.12.12

Resenha: Charlotte Street

Danny Wallace
Editora Novo Conceito, 2012 
400 páginas
imageimageimageimage
Tudo começa com uma garota… (porque sim, sempre há uma garota…) Jason Priestley acabou de vê-la. Eles partilharam de um momento incrível e rápido de profunda possibilidade, em algum lugar da Charlotte Street. E então, em um piscar de olhos, ela partiu deixando-o, acidentalmente, segurando sua câmera descartável, com o filme de fotos completo… E agora Jason — ex-prodessor, ex-namorado, escritor e herói relutante — se depara com um dilema. Deveria tentar seguir A Garota? E se ela for A garota? Mas aquilo significaria utilizar suas únicas pistas, que estão ainda intocáveis em seu poder… É engraçado como as coisas algumas situações se desenrolam…



Danny criou no seu mais novo livro, um personagem central, o qual mesmo descreve as cenas: Jason, que é "louco" (não louco, para internar no hospício), mas aquele louco que não sabe dizer chega, e partir par a próxima. Durante a metade do livro Jason fica enterrado no seu antigo relacionamento. Até mesmo após encontrar "o amor da sua vida". Jason durante o livro relata seus antigos problemas, e durante o decorrer das páginas vai procurando uma forma de resolve-los. O que é importante em uma leitura, aproximando assim o leitor os desejos do personagem.  

Até certo momento o livro foi um pouco cliché, por toda aquela coisa de amor a primeira vista, de não conseguir dormir direito, de ficar pensando na menina e tudo mais. Porém eu acho isso bem legal visto dos olhos de um homem, já que só temos as descrições, geralmente, por mulheres. Durante a narrativa é capaz de acompanhar o crescimento do personagem, pois ele é um cara de trinta anos, e digamos de passagem, que ele é bastante infantil, e tem sempre seu amigo para acompanha-lo durante toda a trama. É muito bom também ver vínculos de amizade tão forte entre o protagonista e seu melhor amigo, Dev e, junto dos dois, nos divertimos bastante.

Danny Wallace é o cara! Em Charlotte Street ele descreveu os fatos muito bem, deu um foque super legal na trama envolvida e na cidade de Londres, os lugares, a casa de Dev, e até mesmo as famosas cafeterias, fiquei com uma vontade enorme de me teletransportar para dentro do livro e viajar em Londres.


Apesar da leitura da Danny Wallace ser bem dinâmica, a certo ponto passou a ficar cansativo por motivo de o personagem pensar demais. Ele ficava páginas, e páginas descrevendo uma cena como ela poderia ser, e como ela seria. Creio eu que ele demorou demais para descrever as cenas, e também demorou para dar um fim à história, e quando final chegou não foi tudo o que eu pensava. Porém não me arrependo de ter lido o livro, adorei conhecer os personagens criado por Danny. 

O final, foi um pouco deduzível. Porém eu ainda colhi surpresas no fim da leitura. Vale a pena que vocês leiam, os pensamentos de Jason são engraçados, o livro é. E além de tudo o livro ensina que podemos superar algo, e simplesmente deixar para trás e seguir em frente.

19 comentários

  1. Oi!

    Nossa eu já cansei de romances impossíveis. Parece que depois de Crepúsculo virou moda a menina atrapalhada, o cara perigoso e o amor impossível. Esse livro é uma exceção? Ultimamente tenho gostado de romances policiais. Já leu As esganadas, do Jô? Uma das melhores leituras do ano. Adoro ler, então vou aparecer sempre aqui! :)

    Estamos te seguindo, Ana.

    ResponderExcluir
  2. Oi, ja ouvi falar muito desse livro, bem dizer quem nunca ouviu? As editoras fazem uma propaganda que a gente acaba comprando so por inpulso ne? :D
    Bjs,

    www.resenhasteen.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Não sou muito chegada em romances, porém, achei a história desse interessante. Nunca tinha ouvido falar do autor nem do livro, então praticamente será uma surpresa.
    Sorteei o amigo secreto, é só você ir no seu e-mail para descobrir quem é :D

    ResponderExcluir
  4. Eu já liiiiiiiiiiiiiiii! muito bom, li aqui mesmo na internet!

    TENHO UMA NOVIDADE HOJE PARA VOCÊ.
    SOU NOVA POSTADORA DESSE BLOG: http://cappuccinoeaconta.blogspot.com.br/2012/12/curte-conhecer-gente-nova.html
    ME DIA O QUE ACHOU DESSE POST QUE FIZ?
    OBRIGADA!

    fb group: AB - Amizade na Blogsfera.
    @esteffanifontes, segue? Beijos,
    Aos Dezesseis Anos - aosdezesseisanos.blogspot.com.br
    Seja bem vinda do meu blog.

    ResponderExcluir
  5. meu beem, suas resenhas são sempre muito bem feitas , dá gosto de ver a organização e o capricho que você tem! parabéns :)

    www.bygarotas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Olá! Tanta resenha positiva, quero comprar esse livro. A capa é linda *-*
    Apesar de que é bem chatos livros que enrolam.
    Gostei de sua resenha!
    Um abraço.
    sete-viidas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Bom dia!
    Quando o livro começa a ficar e, apenas ou por muito tempo nos enjoa mesmo, mas gostaria de ler com certeza, só que sera bem mais a frente tenho uma fila imensa... rsrs
    E sobre o comentário la no blog, não é o mesmo, é outro tom de azul rsrsr Estou gostando de suas visitas e comentários...
    Beijos!
    http://nailmypassion.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Pelo o que você falou de ser meio cansativo e muito descritivo, não é muito a minha cara mas gosto de livros engraçados e principalmente que se passam em Londres *-*

    bjos

    http://designermaniagiovana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. É bem cansativo ler livro assim, não gosto muito mas pela resenha devi ser muito bom! Cantiinho da bia, Bjs

    ResponderExcluir
  10. Adoro historias desse tipo ele indo atras dela porque ela ficou com a camera dele e descobrem o amor!

    Beijos

    www.jessicarcoelho.com

    ResponderExcluir
  11. Engraçado. Eu já li várias resenhas desse livro e toda vez fico ainda mais em dúvida se leio ou não.
    Vejo que ou as pessoas amam ou odeiam o livro.
    Vou pensar se acrescento ou não ele a minha listinha rs
    Beijinhos
    http://fulanaleitora.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Nunca li/ouvi falar. É romance? Não curto muito ): mimimi Mas gostei da resenha, parece ser boa a história!
    @awnste
    http://www.senhoritaliberdade.com

    ResponderExcluir
  13. Acredita que meu interesse no livro foi apenas porque a história se passa em Londres? Mas as resenhas me passam coisas que não me deixam com vontade de ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Olá Igor, claro que pode postar meus textos em seu blog, desde que o crédito e as fontes venham com ele. Rs...

    Falando em texto, você deveria investir mais nessa seara da escrita. Suas resenhas são ótimas. Tem muita gente que acha que resenha é feita pra motivar o leitor a comprar o livro. Não penso assim. De todo modo, gostei novamente da resenha, só não posso, agora, adquirir novos livros porque minha lista de leitura tá grande.

    Beijos
    Pâmela Rodrigues
    Blog: Liste & Realize
    Página no Facebook

    ResponderExcluir
  15. Eu gosto muito de livros ambientados na Inglaterra, e acho que vou gostar bastante deste. Espero ler em breve.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  16. Me desinteressei um tanto quando você disse que ele fica pensando e pensando como seria ela... Isso de certo modo me irrita em alguns livros, mas se eu tiver a oportunidade, lerei ele sim, afinal, é a paixão aos olhos de um homem, foge um pouco do cliché que todos os leitores já viram em seus livros :)

    Amanda Biazzi

    Loucas ao Quadrado

    ResponderExcluir
  17. Gostei muito da resenha. Tentarei pedir esse livro de Natal, aí posso tirar minhas próprias conclusões srsrsrsrsrsr Beijinhos, StarGirlie.

    www.babistargirlie.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Gostei bastante da sua resenha.
    Morro de vontade de ler esse livro, acho a capa linda.
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Adorei a resenha, me deu muita vontade de ler o livro. Essa capa é tão linda!
    Seu blog é incrível.
    Beijos, Cyn.
    http://ograndetalvez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© setecoisas.com.