// 20 Oct 2012

Resenha: O chupa-tinta

O Chupa-Tinta


O chupa-tinta
Éric Sanvoisin & Martin Matje
Editora martins
45páginas.

Odilon, o filho de um livreiro, odeia livros. Seu passatempo preferido, nas férias, é procurar ladrõezinhos de loja e esperar que eles o ajudem a se livrar daquelas coisas inúteis, volumosas e cheias de páginas. Mas um dia ele encontra um tipo estranho de ladrão - o homem saca um canudinho e chupa as palavras de um livro inteiro. Odilon, então, inicia sua busca para descobrir quem é esse homem e descobre que ele, na verdade, é um vampiro diferente...Seu alimento são os livros, ou melhor, a tinta deles.

A estória é narrada em primeira pessoa, por Odilon, onde ele conta sobre a sua vida, que é um menino que odeia livros. E, que só chegava perto deles porque tinha que ajudar o pai na livraria, já que este é um livreiro. Como pode né? Pai e filho com gostos tão diferentes. Um certo dia (todas as histórias tem um certo dia...) um homem, cliente, muito estranho, estranho até demais, entra na pequena livraria. Ronda alguns livros e escolhe um. Após a escolha, tal cliente tira um canudinho do bolso e penetra esse no livro, chupando-o. Só que o cliente estranho não percebeu que estava sendo observado pelo garoto.



Daí começa um perseguição: o pequeno odiador de livros passa a seguir o estranho homem, que chupou o livro e deixou as páginas em branco, até que no fim chega em um cemitério e descobri que o homem que estava seguindo se tratava de um vampiro. Mas não é um vampiro qualquer, é um vampiro que bebe a tinta de livros.

Depois a descoberta e uma conversa (clique aqui para ver a conversa), o garoto descobre tudo, e porque o vampiro, invés de sangue prefere tinta. E, fica subtendido que o pequeno Odilon é mordido por este vampiro, permanecendo assim com uma marca, Draculivro. 





Mas não era tinta que ele absorvia: " Não era tinta que eu absorvia, mas a aventura em estado puro"

Eu vi o livro, na biblioteca da escola, e me apaixonei pela capa, e fiquei com uma super vontade de ler. E li, haha. Bom, eu vi esse livro como incetivo à leitura, por trás de toda a trama, e achei isso bastante legal. Porque não é uma coisa que está na cara, porém da para perceber diante das pequenas páginas. Outra coisa que também gostei do livro, por mais que seja pequena são as figuras e desenhos diante todas as páginas do livro. Com certeza é um livro para preguiçosos de ler. (Livro que conta de menino que não gosta de livro).


O livro é bem rápido, e eu recomendo por mais que ele tenha só 45 páginas, é uma leitura fácil e dinâmica. Que distrai você durante uma hora, e se você não for preguiçoso até em menos tempo você lê. Uma curiosidade é: Que são vários livros sobre Odilon (não é uma saga, fique tranquila[o]). 




Mas repensando, bem que poderia existir esse vampiro né? Pra ver se esse povo toma vergonha e comece a ler, ou pelos menos vá ler obrigatoriamente, haha! 

  1. Nossa, que legal!!! Que curtinho ^^ Desculpe por só ter colocado como no feminino, foi sem intenção... Seu layout ficará pronta em uma semana e meia, eu acho. Te avisarei quando ficar pronto, e te mandarei por email o template pronto. (Se vc não sabe como colocar, tem um tuto lá no DOAP).

    #Chuaaaaaaac! :3 Diamonds of a Princess

    ReplyDelete
  2. Que legal esse livro! Achei tão bonitinha a história e o fato de o vampiro não sugar tinta em si, mas as aventuras, a essência das palavras. Muito bacana, gostei mesmo :)
    Beijos.

    ReplyDelete
  3. adorei esse livro, preciso lê-lo logo. Gostei bastante do fato de que o vampiro suga as aventuras, a essência das palavras. meu irmão também precisar ler esse livro rs. Esse já esta na minha lista de leitura.
    beijos!

    ReplyDelete
  4. Concordo com a Gabriela. Fiquei com vontade de ler. Beijos

    ReplyDelete