Resenha: Estilhaça-me


Autora: Tahereh Mafi
Editora: Novo Conceito
Páginas: 304
Avaliação: ★★★★★ 
Série: Estilhaça-me, volume 01.

Juliette nunca se sentiu como uma pessoa normal. Nunca foi como as outras meninas de sua idade. O motivo: ela não podia tocar ninguém. Seu toque era capaz de ferir e até matar. Durante anos, Juliette feriu e, segundo seus pais, arruinou o que estava à sua volta com um simples toque, o que a levou a ser presa numa cela. Todo dia era escuro e igual para Juliette até a chegada de um companheiro de cela, Adam. Dentro do cubículo escuro, Juliette não tinha notícias do mundo lá fora. Adam ia atualizando-a de tudo. Juliette não entendeu bem o que estava acontecendo quando foi retirada daquela cela e supostamente libertada, ao lado de Adam, e se vê em uma encruzilhada, com a possibilidade de retomar sua vida, mas por caminhos tortuosos e totalmente desconhecidos. Estilhaça-Me é um romance fantástico, que intriga, angustia e prende o leitor até a última página com uma história surreal...
"O Restabelecimento prometeu um futuro perfeito demais para ser possível e a sociedade estava desesperada demais para não acreditar. Elas nunca perceberam que estavam vendendo suas almas a um grupo que planejava tirar vantagem de sua ignorância. Seu medo." Página 57
O principal a destacar é o modo de como a Tahereh Mafi narra a história, narrando o que se passa na cabeça da jovem Juliette. Fazendo com que a personagem Juliette pareça louquinha das idéias e estranha. A autora utiliza palavras rabiscadas no meio das frases para expressar um pensamento que Juliette teve, mas que supostamente não deveria ter tido, ou um pensamento contraditório. Além disso, alguns trechos simplesmente não têm vírgulas ou pontos, são corridos e repetem palavras para mostrar a maneira com que a mente de Juliette funciona. Essas características são incômodas no início – vi que alguns leitores não conseguiram se acostumar a elas -, mas pessoalmente achei um bom estilo. É o grande diferencial (e divisor de opiniões) do livro. A história de Estilhaça-me se passa em mundo completamente devastado, onde já quase não se encontram vegetações, animais, comida ou água. Esse mundo foi dominado pelo Restabelecimento, que prometera trazer melhorias, mas nada fez de bom. As pessoas estão sofrendo, praticamente morrendo de fome e mal têm onde viver.
"Os doentes devem ser trancafiados. Os velhos devem
ser descartados. Os problemáticos devem ser
abandonados em manicômios. Apenas os fortes devem
sobreviver. (...) Não falar sobre religião, crença, convicções
pessoais. As convicções pessoais foram o que quase nos
matou, era o que eles diziam. Convicções, prioridades,
preferências, preconceitos e ideologia dividiram-nos.
Iludiram-nos. Destruíram-nos. (...) Restabelecer a igualdade, restabelecer a humanidade. Restabelecer
a esperança, a cura e a felicidade."
Ponto a destacar, que ha uma associação de Juliette e a personagem criada por Sebastian Shaw, Vampira. A X-Men que não pode ser tocada. Além de Juliette, outro personagem bem intrigante é Warner, o vilão, conseguiu criar inúmeras dúvidas e polêmicas em minha cabeça. Ora eu queria acreditar que havia algo de bom nele e chegava a me simpatizar, ora eu estava sentindo um ódio mortal. E acho que, no fim, a segunda opção acabou prevalecendo. Não posso esquecer-me de mencionar Kenji, que me encantou desde o início com todas as suas ironias e inconveniências.

O final de Estilhaça-me termina, digamos: X-Men, que é a descoberta de outras pessoas com poderes tão diversos quanto os pensamentos de Juliette. Foi sim um final muito intrigante e que me deixou ansioso pelo próximo livro. Quanto a capa do livro: "Eu vou ser super sincero, adorei a capa. Adorei mesmo,  bem chamativa e "laminada" o que chama mais ainda a atenção do leitor. Liberta-me é o próximo livro da série.


Confira toda a série

  1. Esse livro está na minha lista!

    Rs bjoooos

    http://livroseuquerolersempre.blogspot.com.br/2012/09/promocao-encha-sua-estante-2.html

    ReplyDelete
    Replies
    1. Não irá se arrepender, é um livro muito surpreendente!

      Delete
  2. Todas as resenhas que leio comentam sobre a "dupla personalidade" de Warner. Acho que no fundo, no fundo, ele tem algo de bom. Estou esperando ansiosamente pelo próximo livro! :D
    Beijos.

    ReplyDelete
  3. Compraria só pela capa... LOl.


    Conheci seu blog pelo recado no skoob.
    Adorei aqui e sempre que puder volto. Quem comenta no meu blog, sempre retribuo.
    Estou seguindo ja, me segue tambem?
    Até mais
    Me visita?
    Guilherme Kunz
    http://tematoa.blogspot.com.br

    ReplyDelete
  4. Pela sinopse para ser legal o livroo

    http://manguitarosa.blogspot.com.br/

    beijooos

    ReplyDelete
  5. Eu sempre fui bem curiosa a respeito desse livro, mas certa vez me comentaram que a leitura não é muito legal, isso me desiludiu um pouco. Apesar de ter gostado do Folder com o primeiro capitulo, acredito que vou ter que esperar mais um pouquinho para comprá-lo :)

    Beijos
    http://secretsentreamigas.blogspot.com.br/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Quem foi o louco que disse isso? Esse livro é perfeito, com série de acontecimentos dentro da cabeça da Juliett, e faz com que a história fique bastante.... sem palavras.

      Delete
  6. Esse livro é lindo, maravilhoso, genial. O modo de escrita dele, então, acho que não agrada todo mundo mas eu achei perfeito - cada pensamentozinho ali, ainda que tachado.
    **quase dando spoiler, ui**
    E é um dos meus favoritos agora na minha estante, depois que li. Mas quando bati o olho já gamei. Consegui autógrafo da autora nele, então imagine o xodó.

    ReplyDelete