Resenha: Cidades dos Ossos


Cidades dos Ossos
Cassandra Clare
Galera Record
459páginas.

Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria. 

Sublime, engraçado, sombrio, irônico e sexy, Cidade dos Ossos é o primeiro volume da série Os Instrumentos Mortais, de Cassandra Clare. Esse livro é um dos que estou querendo ler desde o lançamento no Brasil, e, tive oportunidade de adquiri-lo. Senti-me feliz

Clary Fray, 15 anos, numa noite tranquila decide passar a noite em uma boate da moda, em Nova York e o maior problema provavelmente seria lidar com o truculento segurança da portaria, certo? Errado! Clary testemunha um crime, mas não é um crime qualquer: um assassinato comedito por três adolescentes cobertos de simbolos enigmáticos que parecem tatuagens, usando armas ultra estranhas. E, para completar, o corpo da vitima desaparece no ar.

Clary quer ligar a polícia; queria gritar; queria chamar seu amigo, Simon, que ficou na boate enquanto ela seguia o garoto de cabelo azul.. Mas como explicar a eles que ninguém mais na rua enxerga os assassinos, somente ela? Como iria provar que vou um crime se não há rastro algum de sangue do garoto morto - aliás era mesmo um menino?

E dizer a eles o que? - Jace disse intimidando. - Que pessoas invisíveis estão aborrecendo você? Acredite-me, garotinha, a policia não vai prender alguém que não pode ver. 

Mas ela nem tem tempo de tomar uma decisão; logo os assassinos se apresentam para ela. Jace, Alec e Isabelle são caçadores de Sombras, guerreiros cuja missão é proteger o mundo que conhecemos de demônios e outras criaturas. Vampiros que saem da linha, lobisomens descontrolado e monstros venenoso? É por aí mesmo. E, depois desse primeiro contato com o Mundo das Sombra e com os caçadores a vida de Clary nunca mais será a mesma. A partir de agora sua vida passa a ser uma turbulenta agit'ação'.

Ação é umas das palavras que descreve o livro, além de perfeito, brilhante, magnífico, perfeito (opa já disse), lindo, sombrio, contagiante.. está bom! De 459 páginas 20 são cansativas, lentas. A narrativa de Cassandra é maravilhosa, de fácil compreendimento. Parece que ela estava lá, junto com os personagens, é um livro muito detalhista e bem escrito. Logo, nos primeiros capítulos somos apresentados a um mundo fantástico, com muitos seres fantásticos. Só teve um ponto negativo que encontrei o no livro, foi a tradução e a revisão. Na metade e no final do livro já não estava aguentando mais estava me confundindo devido aos erros, tive que parar algumas vezes pra re-ler. Mas tirando isso, perfeito. 
Aquelas garotas do outro lado do vagão estão encarando você.Jace deu um olhar afetado.- Claro que estão. – ele disse – Sou extremamente atraente. 
As personagens são bem escritos e bem feitos, então passa a ser fácil visualiza-los, eu vou odiar o filme. Isabelle foi a minha preferida, ela não é a principal, mas ela me pareceu tão carismática, engraçada e legal. As menininhas irão adorar Jace, vão até fazer aquele treco TEAM JACE, pois ele é sarcástico, grosseiro, mas ao mesmo tempo protetor e responsável. E, tem Simon que como já dito ele é necessário no livro, pois ele vai efetuar o mais cliché triângulo amoroso (opa, to falando demais). Não vou falar de Clary a principal protagonista, mas vou dizer que ela é meia confusa e doidinha, rs. 

Esse livro não é um romance louco, é mais aventura. A autora usa os romances na hora, certa e poucas vezes e isso faz que o leitor fique naquela expectativa; Li algumas resenhas antes de resenhar aqui, e vi que muitas pessoas comparam a série de Cassandra com a de J.K Rowling, Harry Potter. Na minha opinião, tem um pouquinho haver, mas não é isso tudo o que falam por ai. 
Faz muito tempo – ele disse , simplesmente – que acho que estava perturbado pela ideia de me sentir como se eu não pertencesse a lugar algum.Mas você me fez sentir como se eu pertencesse.



vazou cenas do filme.
Tá eu sei, que estou super atrasado, mas pra que não viu?

Eu não sei o nome do atores, mas se quiserem posso correr atrás, e vou logo dizendo, eu esperava mais. O livro descreve, pessoas perfeitas. Mas como são somente fotos eu não vou falar nada, vou esperar pelo filme. 

  1. Eu adorei esse livro. Confesso que até demorei pra ler, mas a narrativa de Clare contribui um bocado para isso. Não é tão simples como parece não - em minha opinião, é claro -.

    Os personagens são ótimos e super explorados e construídos. Cada um contribui de forma essencial na narrativa e deixa o livro melhor.

    Adoro o final de A Cidade dos Ossos, pois fica cheio de pontas para o próximo, que por sinal ainda não li.

    Adorei a sua resenha!

    Abraços,
    Igor Gouveia. =)

    ReplyDelete
  2. Atrasado não! Eu ainda não tinha visto essas cenas do filme, viu só?
    Eu já tive mais vontade de ler essa série mas, pra começo de conversa, é uma SÉRIE - vários livros pra minha lista já enorme. E outra é que, com tantos livros, estou evitando acrescentar mais. Mas a história me cativou, achei bem interessante o modo como você disse que a autora encaixa o romance na história. Gosto dessas cenas bem dosadas, só pra dar uma vontade de ler mais :D
    Adorei a resenha.
    Beijos.

    ReplyDelete
  3. Começando a ler, mau posso esperar o filme ... gosto muito dessas séries que viram filme, da pra ter uma perspectiva melhor da coisa..

    Me visita?
    Guilherme Kunz
    http://tematoa.blogspot.com.br

    ReplyDelete
  4. Eu também esperava mais dos atores, mas... AMO esse série, muito, muito. O final desse livro é que foi escandaloso, na hora que eu estava lendo parecia que havia caído um bomba!

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    http://myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu "comi" o livro no final, meu Deus estava muito surpreendente, que omg..

      Delete
  5. Resenha muito boa, mas realmente você contou o FINAL do livro, o fato de eles serem irmãos é surpresa, e eles são realmente irmãos, não meio-irmãos, a mãe da Clary fugiu quando estava grávida né…

    Beijos,

    Gabi

    ReplyDelete
  6. A coleção é ótima!! Estou lendo o terceiro livro e estou amando. E você tem razão: a autora é muito boa! Achei o segundo livro meio chatinho, muito dramático pro meu gosto, mas por isso é ruim. Já o primeiro livro, tem ação do início ao fim, mesmo sabendo que tem continuação.
    Ally, imaginei mesmo que eles não seriam irmãos… Rsrsrs… Mas eu ainda chego nessa parte.

    ReplyDelete
  7. Estou louca pra ler esse livro, mas infelizmente não estou tendo sorte nas promoções ^^ Vamos ver se ganho de aniversário, hehe… Ótima resenha

    ReplyDelete
  8. Estou louca pra começar ler.
    A capa dois livros da série é linda.
    Sempre tem promoção desse livro no Submarino.
    Beijoos !

    ReplyDelete
  9. ou tão apaixonada por Os Instrumentos Mortais. é com toda certeza uma das minhas séries favoritas! E o melhor é que ela fica melhor a cada livro. Estou quase tendo um ataque cardiaco aqui enquanto espero pelo quinto livro (que sai dia 8 do mês que vem).
    Diferente de você, me apaixonei pelo Jace logo de cara. Adoro essa personalidade sarcástica dele e como ele usa esse lado de si para esconder como é realmente vulnerável por dentro. Muito, muito fofo.
    Não achei a Clary dependente em momento nenhum também. Ela foi super forte o tempo todo, sabendo quando podia ser emocional e quando tinha que segurar as rédeas. Ela é uma das minhas heroínas favoritas. Enfrentando tudo isso praticamente sozinha.
    E o Simon foi quem me irritou. Deus, como eu odiei o Simon nesses primeiros livros! Ele só sabia atrapalhar e ficar resmungando sobre como a Clary estava toda encantada com o Jace. Ugh! Confesso que senti uma peninha dele por ter perdido a paixão de infancia dele tão facilmente, mas o que posso fazer se Clary e Jace são feitos um para o outro? haha

    ReplyDelete
  10. Oii. Sua resenha me despertou uma pequena vontade de ler o livro e isso é até bom porque vejo direto essa série nas livrarias por aí e nem dou atenção para ela. Não estou em uma fase de ler livros fantasiosos ao extremo, mas quem sabe quando essa fase passar dê uma chance para Cidade dos Ossos. :)

    Anna
    http://castanhadechocolate.blogspot.com

    ReplyDelete
  11. Parabéns, a meses tentando me convencer de comprar o livro e até que enfim achei uma boa resenha (talvez porque foi feita por um homem)! Fiquei fascinado e curioso por esse mundo diferente, mas agora me convenceu e que o livro não chega ao ponto de ser meloso e que não vai ser tanta modinha como Crepúsculo! ;D

    ReplyDelete
  12. Eu estou ouvindo falar muito dessa série, principalmente pelo lançamento do filme tão próximo e só vejo criticas positivas. Eu acho que é o tipo de livro de fantasia que ta faltando na minha estante hehe
    Beijos

    ReplyDelete