29/09/2012

Resenha: Fahrenheit 451






Fahrenheit 451
Ray Bradbury
Globo livros
223 páginas
★★★★ 
O romance apresenta um futuro onde todos os livros são proibidos, opiniões próprias são consideradas anti-sociais e hedonistas, e o pensamento crítico é suprimido. O personagem central Guy Montag, trabalha como “bombeiro”(o que na história significa “queimador de livro”). Uma versão do filme foi lançado em 1966, e se prevê uma segunda versão do filme para 2008. No mínimo duas dramatizações foram transmitidas pela BBC Radio 4, ambas seguiram fielmente ao livro.
Através dos anos, o romance foi submetido à várias interpretações primeiramente focadas na queima de livros pela supressão de idéias dissidentes. Bradbury havia declarado que o romance não trata de censura, ele declara que Fahrenheit 451 é uma história sobre como a televisão destrói o interesse na leitura.ㅤㅤㅤㅤㅤ

Um pouco mais clean

Hoje teremos participação especial de minha amiga, Miccaela, ela vai dar umas dicas de moda e, espero que curtem esse post! Vamos fazer diferente né?

Micca: Bom, vamos lá. Eu não sei mexer no blogspot. Então me desculpa qualquer erro. Eu recebi um e-mail, e o Igor já havia me convidado para participar do blog, porém eu não sabia o que fazer. E, quando recebi tal e-mail resolvi falar sobre a moda, uma coisa que eu gosto. Bom, eu não sei como vai funcionar os post. Mas eu acho que não vou poder postar toda semana. Mas, sempre que eu puder estarei trazendo novidades!Hoje vou mostrar quatro looks que estão sendo muito utilizados nos últimos meses. E, vou mostrar 4 looks de mulheres, e quatro de homens. Até porque queremos os meninos bem gatinhos e estilosos não é? (brincadeira, também sei que os homens querem estar na moda) 


Como vocês podem observar usar cores fluorescente está bem na moda, em, uma época calorenta. Porém, se você for usar um acessório ou roupa fluorescente use cores neutras para você não chamar tanta atenção, e não parecer com o povo da Capital de Jogos Vorazes entendem? Mas você também pode usar cores fluorescentes como ela usou o sapato. Mas ele está meio coberto então não chama tanta atenção quando a bolsa. 


Eu amo a simplicidade, vocês podem observar? O contraste da bolsa com o sapato? Estão pensando que só os homens que usam chapéus? Claro que não. Está ai, um conjunto de tons e cores que ficaram lindos. Serve para sair em um dia de calor, ou para ir ao shopping e uma praça. 

 

Eu amo cores pasteis, e acho que cai super bem em pessoa morenas e, ou brancas mesmo. As pessoas acham que a mistura de tons pasteis não chamam atenção, claro que não vai chamar atenção se você sair só de uma cor. Como você pode observar a mulher usa vários tipos de marrom e creme, isso faz com que haja contrastes entre as roupas.  E, o mesmo acontece na foto abaixo


Ela usa um vestido rosinha mais leve, porém, usa acessorios pretos. Isso faz com que a sua roupa simples, se destacaque e, tem pessoas que pensam que toca não combinam com vestido, mas taí, outro mito revelado! 

 

É a mesma dica dada em acima usar cores pasteis é inovador e diferente, e muitas pessoas estão usando. Inclusive eu.

 



Jaqueta de coro, sempre esteve na moda. Sempre achei lindo as pessoas que usam, e até uns meses atras essa moda voltou. (Não existe essa coisa de moda, moda é você quem faz). Mas é uma peça fundamental para as pessoas que querem se destacar entre as outras "inovando". Ficou muito "show" a mochila, por ser bem diferente e também por sua cor. 

 

Ok! Está super lindo, não está? Bom, é o mesmo que eu disse nas fotos a cima. É só saber, combinar as cores. Mas por favor, não vá sair todo verde, nem todo amerelo de casa, isso é mico. Bom, ele está usando algo mais do dia-a-dia, bem simples. Porém vocês perceberam as pulseira? Bom, elas dão um toque de cuidado; E destacam-se muito bem.


Que simples né? E, é tão fácil você se vestir assim! Sabe aquela jaqueta surrada que você tem no seu guarda-roupa? vamos usa-la, se você acha que o jeans saiu de moda está super errado! Mas você também não vai sair todo de jeans, se você não for um cowboy, claro. Na foto, ele sai todo de jeans, com uma blusa por dentro listrada e simples, só que as cores dos jeans são totalmente diferentes. E, para os que acham que mostrar a canela é feio, não é, nesse calor que consegue sair todo coberto? É um moda que está voltando aos poucos, e, que está muito estiloso.

Coleção de: 
Até a próxima, beijos Micca. 

27/09/2012

Frase do dia

A felicidade deveria ser assim mesmo, sem data, sem encomenda, sem medo de existir. Os dias mais felizes são aqueles com menos planos na agenda.

..Caio Augusto Leite. 

25/09/2012

Resenha: Cidades dos Ossos


Cidades dos Ossos
Cassandra Clare
Galera Record
459páginas.

Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria. 

22/09/2012

Bolinho de caneca

 
Olá cup noodles de abacaxi, tudo bem? A partir de hoje o blog vai ter mais uma categoria que é, Monstro do Espaguete Voador, onde eu vou postar receitas que eu já fiz, e assim, vou postar receitas que vou fazer, essa categoria também vai funcionar como incentivo para eu poder entrar na cozinha. 


20/09/2012

Resenha: Estilhaça-me

Brasília - DF, Brasil

Autora: Tahereh Mafi
Editora: Novo Conceito
Páginas: 304
Avaliação: ★★★★★ 
Série: Estilhaça-me, volume 01.

Juliette nunca se sentiu como uma pessoa normal. Nunca foi como as outras meninas de sua idade. O motivo: ela não podia tocar ninguém. Seu toque era capaz de ferir e até matar. Durante anos, Juliette feriu e, segundo seus pais, arruinou o que estava à sua volta com um simples toque, o que a levou a ser presa numa cela. Todo dia era escuro e igual para Juliette até a chegada de um companheiro de cela, Adam. Dentro do cubículo escuro, Juliette não tinha notícias do mundo lá fora. Adam ia atualizando-a de tudo. Juliette não entendeu bem o que estava acontecendo quando foi retirada daquela cela e supostamente libertada, ao lado de Adam, e se vê em uma encruzilhada, com a possibilidade de retomar sua vida, mas por caminhos tortuosos e totalmente desconhecidos. Estilhaça-Me é um romance fantástico, que intriga, angustia e prende o leitor até a última página com uma história surreal...
"O Restabelecimento prometeu um futuro perfeito demais para ser possível e a sociedade estava desesperada demais para não acreditar. Elas nunca perceberam que estavam vendendo suas almas a um grupo que planejava tirar vantagem de sua ignorância. Seu medo." Página 57
O principal a destacar é o modo de como a Tahereh Mafi narra a história, narrando o que se passa na cabeça da jovem Juliette. Fazendo com que a personagem Juliette pareça louquinha das idéias e estranha. A autora utiliza palavras rabiscadas no meio das frases para expressar um pensamento que Juliette teve, mas que supostamente não deveria ter tido, ou um pensamento contraditório. Além disso, alguns trechos simplesmente não têm vírgulas ou pontos, são corridos e repetem palavras para mostrar a maneira com que a mente de Juliette funciona. Essas características são incômodas no início – vi que alguns leitores não conseguiram se acostumar a elas -, mas pessoalmente achei um bom estilo. É o grande diferencial (e divisor de opiniões) do livro. A história de Estilhaça-me se passa em mundo completamente devastado, onde já quase não se encontram vegetações, animais, comida ou água. Esse mundo foi dominado pelo Restabelecimento, que prometera trazer melhorias, mas nada fez de bom. As pessoas estão sofrendo, praticamente morrendo de fome e mal têm onde viver.
"Os doentes devem ser trancafiados. Os velhos devem
ser descartados. Os problemáticos devem ser
abandonados em manicômios. Apenas os fortes devem
sobreviver. (...) Não falar sobre religião, crença, convicções
pessoais. As convicções pessoais foram o que quase nos
matou, era o que eles diziam. Convicções, prioridades,
preferências, preconceitos e ideologia dividiram-nos.
Iludiram-nos. Destruíram-nos. (...) Restabelecer a igualdade, restabelecer a humanidade. Restabelecer
a esperança, a cura e a felicidade."
Ponto a destacar, que ha uma associação de Juliette e a personagem criada por Sebastian Shaw, Vampira. A X-Men que não pode ser tocada. Além de Juliette, outro personagem bem intrigante é Warner, o vilão, conseguiu criar inúmeras dúvidas e polêmicas em minha cabeça. Ora eu queria acreditar que havia algo de bom nele e chegava a me simpatizar, ora eu estava sentindo um ódio mortal. E acho que, no fim, a segunda opção acabou prevalecendo. Não posso esquecer-me de mencionar Kenji, que me encantou desde o início com todas as suas ironias e inconveniências.

O final de Estilhaça-me termina, digamos: X-Men, que é a descoberta de outras pessoas com poderes tão diversos quanto os pensamentos de Juliette. Foi sim um final muito intrigante e que me deixou ansioso pelo próximo livro. Quanto a capa do livro: "Eu vou ser super sincero, adorei a capa. Adorei mesmo,  bem chamativa e "laminada" o que chama mais ainda a atenção do leitor. Liberta-me é o próximo livro da série.


Confira toda a série

19/09/2012

E-book gratuito: A Rainha da Primavera

Olha que novidade perfeita não? A Karen é mesmo uma linda de estar fazendo isso para seus leitores. ♥Rainha da Primavera é um romance curto que se passa no mesmo universo, mas não possui ligação direta com os eventos narrados na saga Crônicas de Myríade. Retrata um período muito antigo desta história, e é citado pelos personagens do meu primeiro livro, Línguas de Fogo.


A rainha da primavera.
Karen Soarele
Em um reino em decadência, um guerreiro em busca de redenção e um conselheiro real trilham uma jornada para encontrar a princesa há muito tempo desaparecida. Flora, que foi criada em uma ilha remota, é surpreendida ao ser confrontada com seu passado. Mas, no fundo de seu coração, ela sabia que a vida lhe reservava uma grande aventura, além do Mar Eterno.Escoltada pelos dois forasteiros, ela partirá à procura de respostas sobre sua origem, embarcando na maior aventura de sua vida. E o que vai encontrar mudará não só sua relação com o universo, como também o destino de toda uma nação. Porém, é necessário cautela. Os perigos rondam à noite e os estandartes inimigos se aproximam.Esse novo romance traz, para novos leitores, uma introdução à mitologia de Myríade, enquanto aprofunda detalhes sutis que são citados na saga, e que irão surpreender aqueles que já viajaram por este universo.

Downloads

17/09/2012

Seguidores ou leitores?

Olá mais uma vez, tudo bem?

16/09/2012

Resenha: ADQS – parte2



Na resenha não descrevi muito os personagens. E, é preciso ressaltar que em vários momentos os adultos cometiam coisas que adolescentes faziam. Exemplo, a própria personalidade de alguns era como a de um adolescente. Mas não é o livro todo assim, hora atitudes rudes e outrora atitudes "infantis". Isso não estraga o livro, pois eu amei algumas atitudes infantis, mas também amei atitudes severas,  isso deixa tudo diferente com um toque digamos: especial.

14/09/2012

Resenha: "ADQS - Desvendando uma Organização Secreta" de Fabiana Cardoso

Autora: Fabiana Cardoso
Editora: Modo
Páginas: 424
Avaliação: ★★★★★
Série: ADQS, volume 01. 

Agradecimento: Eu não sei nem o que falar do livro, mas eu não gostei. Eu amei, é serio. Eu me senti interessado pelo livro quando, eu descobri que era de autor brasileiro. Logo, essa capa me chamou atenção, e, me fez desejá-lo. Muito feliz eu já estava esperando pelo lançamento. Até que conheci a Fabi, ela foi super atenciosa comigo e comecei a gostar dela. Tornando-me um amigo e parceiro dela. Depois do lançamento que eu não pude ir à bienal de SP, ela me enviou o livro. Eu fiquei super feliz, pulei, gritei, e quando o livro chegou, eu não consegui ler outro, a não ser ele. E, ele veio autografado - chorei. 

Cheio de suspense, engraçado, legal e sexy são palavrinhas que descrevem o livro, primeiro livro da autora, e claro, vai ser uma trilogia. 
"Somos uma organização secreta que tem como principal objetivo resolver os casos que a polícia comum não consegue. Por isso a falsa identidade e os disfarces."
Cíntia no início do livro me deu certa raiva, ela é tipo mulher de malandro. Se envolvendo com um criminoso, Walter. Ela se submete a fazer o que ele quer, e por medo "ajuda" em um assassinato, e com esse medo, ela foge. Só que ela não consegue ir para muito longe, antes de seu bonde sair, ela é pega e, presa. Após dias na delegacia, ela ganha uma segunda chance de se redimir, mas tem um preço a pagar esquecer, que já existiu antes, da família, amigos, lembranças. "Preste bastante atenção. Daqui por diante você não é mais Cíntia Antunes, ela morreu! Você recebera outro nome, outro endereço, outro trabalho..." Thaís a mais nova agente da ADQS! 
"- Como funciona a organização? Achei tão surreal! - Disse Bia - Uma organização secreta - desse, revelando o que sabia - formada por criminosos. Quem vai confiar em vocês?"
A organização não tem muito detalhes, então fica a critério do leitor definir como ela é. Mas de acordo com o livro: "Somos uma organização secreta que tem como principal objetivo resolver os casos que a polícia comum não consegue. Por isso a falsa identidade e os disfarces." Como todas as empresas sempre têm aquelas regrinhas chatas, mas a que é mais importante o meu ponto de vista é essa: "JAMAIS! EM HIPÓTESE ALGUMA, se envolva com agentes da organização!" Mas quem liga né? Regras foram feitas para ser quebradas mesmos.
"Não poderá se envolver emocionalmente com membros dessa organização, nem ao menos com pessoas que estejam envolvidos as suas missões."
No livro tem-se um romance central, mas também os personagens secundários tão um enfatizada (romantizada) tomando o lugar do casal: Caio e Thaís, que quebraram as regras durante o livro todinho, e isso, faz com que o leitor fique bem curioso com o que vai acontecer com eles, se vai dar certo. Se alguém vai descobrir.. 

O livro é cheio de suspenses, e a capa capitulo desvenda-se uma missão, e é impossível não se lembrar de séries de TV, como CSI. Mas no livro também me lembrei de Scooby-Doo, pode parecer engraçado, mas os personagens criados por Fabiana Cardoso parecem em aspectos físicos e psicológicos com os personagens do desenho animado. Mas além das missões, durando o livro desenvolve-se um romance lindo, entre a nossa protagonista (Thaís) e Caio. Mas tudo fica contra o namoro dos dois, pois é proibido o namoro ou relacionamento entre os agentes. 

Eu não fiquei satisfeito com final do livro, assim como creio que os outros leitores também não vão.  Porque eu queria ler mais, mais e mais. Mas isso que é bom, esperar, para ver o que vai acontecer com os personagens no próximo livro, ADQS2. 

Esse é o livro que mais indico a todos, pois fala de várias coisas atuais. Como corrupção, desvio de verbas, drogas. E, ainda mais os romances que foram distribuídos durante o livro de forma equilibrada e não deixando algo tão meloso ou estragando o sentindo do livro que é espionagem. Como já disse ele é totalmente equilibrado e não tem nada de chato, juro. Eu fiquei até de madrugada quando estava lendo o livro e quando terminei fiquei um bom tempo pensando em o que aconteceria com os personagens..

Uma das coisas que achei bem interessante, e que alguns autores brasileiros pecam. E, que não usam na escrita o sotaque dos personagens. Já não, no livro ADQS eu pude presenciar essa maneira, e fiquei muito intrigado também porque a autora usa a cidade onde eu moro.

Quero agradecer em nome de mim e da autora a capa, e as pessoas que estão dando um apoio a ela. E, que não leu o livro, corra e consiga o seu. Porque esse sim é um bom livro. Agradecendo também a Marina Ávila pela capa perfeita. que ela fez.  

Ei, não acabou ainda. Não percebeu no titulo que essa é a primeira parte? Então quero fazer um joguinho com vocês, como perceberam eu não falei nada o que significa ADQS! E o joguinho é o seguinte, inventar um frase, uma organização ou qualquer coisa usando as letrias contidas na sigla, e a pessoa mais criativa terá o nome públicado no próximo post, eu sei que não é muita coisa. Mas o legal é se divertir, não é? (as pessoas que sabem o que significam não falem ok?) 

Aviso


Olá gente me desculpem pela desorganização e falta de postagem aqui no blog. Eu estou tentando organizar tudo, mas de pouco em pouco (estou sem tempo). Mas já volto a rotina, ok?  Em média de 15 dias eu volto, a postar normalmente, o que parece ser impossível

Obrigado, beijos. 

12/09/2012

Manual Prático De Bons Modos - em Livrarias.



Eu não conheço Manual Prático De Bons Modos  em Livrarias, a muito tempo mais é um blog fantástico, enfim, é um dos blogs onde eu mais me divirto. Vamos lá:

livreiro: livraria, boa noite. (veja bem, faltava meia hora para o expediente terminar. veja-bem-meu-bem)

freguês: boa noite, tem o livro "o meu pé de laranja lima"?

livreiro: só um instante, por favor. (livreiro vai até a estante confirmar a disponibilidade do item e retorna ao telefone)

livreiro: tá na mão, quer deixar reservado?

freguês (tom desesperado): cara, me diz, quem é o autor desse livro?

livreiro: é josé mauro de vasconcelos.

freguês: CARA, OBRIGADO, é que eu tô fazendo palavras cruzadas aqui em casa e...

10/09/2012

Resenha: "O circo da noite", de Erin Morgenstern


Autora: Erin Morgenstern
Editora: Intrínseca
Páginas: 296

Sob suas tendas listradas de preto e branco uma experiência única está prestes a ser revelada: um banquete para os sentidos, um lugar no qual é possível se perder em um Labirinto de Nuvens, vagar por um exuberante Jardim de Gelo, assistir maravilhado a uma contorcionista tatuada se dobrar até caber em uma pequena caixa de vidro ou deixar-se envolver pelos deliciosos aromas de caramelo e canela que pairam no ar. Por trás de todos os truques e encantos, porém, uma feroz competição está em andamento: um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, treinados desde a infância para participar de um duelo ao qual apenas um deles sobreviverá. À medida que o circo viaja pelo mundo, as façanhas de magia ganham novos e fantásticos contornos. Celia e Marco, porém, encaram tudo como uma maravilhosa parceria. Inocentes, mergulham de cabeça num amor profundo, mágico e apaixonado, que faz as luzes cintilarem e o ambiente esquentar cada vez que suas mãos se tocam. Mas o jogo tem que continuar, e o destino de todos os envolvidos, do extraordinário elenco circense à plateia, está, assim como os acrobatas acima deles, na corda bamba.
Quando você for esse livro, sinceramente não leia a sinopse. E, se ler, não diga que eu avisei. Na sinopse, diz "uma feroz competição" de feroz mesmo só teve eu lendo o livro rapidamente, a autora compromete muito o leitor dando uma certa expectativa, que foi o meu caso que fiquei meio triste ao final do livro, mas o aviso já esta dado, vamos ao que interessa né?! 

O livro narra a história de dois jovens, Célia & Marco, que desde crianças foram destinados a um jogo, um desafio. Que por certa parte, é uma injustiça aos jovens. Esse jogo precisa de um local, esse local é um circo, Le Cirque des Rêves. Treinados pelos seus tutores, quem aguentar mais dentro do circo, vence. Mas o vencedor não é os jovens e sim seus tutores, e ao meu ponto foi uma besteira comprometer duas vidas por um jogo besta. Só que depois que os jovens se conhecem, e trocam uma certa afinidade, eles passam a se gostar, e daí para frente não querem mais continuar com o desafio, quero só fujir do mesmo, pertencendo um ao outro e serem felizes. 
O circo chega sem aviso. Nenhum anúncio o precede, nenhum cartaz em postes ou outdoor, nenhuma menção ou propaganda nos jornais locais. Simplesmente está lá, quando ontem não estava.
Os personagens são diferentes, são bem elaborados, aparecem na hora certa e estão sempre circulando em volta do circo, mesmo que anonimamente. Os locais e situações também foram super elaborados, com que fique gravado na mente do leitor. A autora narra de forma apaixonada cada detalhe que envolve o Circo: suas tendas, seus sabores, sua estrutura, seus rêveurs. É inevitável sentir-se atraído pela descrição dos detalhes, chegando. De certo modo, é o que pode incomodar o leitor ao iniciar a leitura. No fim da narrativa, percebemos que não havia como ser diferente. A descrição tão precisa de cada um dos elementos, envolve o seu leitor de uma maneira quem não tem como escapar, é como se a autora estivesse realmente fazendo mágica com as palavras, e dizer isso, não é um exagero. Pura poesia. Os capítulos alternando passado e presente, para apresentar as histórias paralelas, isso faz com que você fique meio perdido, só que depois você vai se acostumando. 

A leitura é um pouco lenta, mas consegui ler bem rápido. Gostei muito da diagramação do livro, é bem diferente. Não é um livro totalmente mágico, ele é meio parado. Não tem um suspense muito grande, e nem algo que envolve o leitor de um jeito.. Não! Não estou desmerecendo o livro. Ele é ótimo, mas né.. O livro em si é bem narrado, e abordagem é boa., porém acho que a autora poderia ter empregado mais coisas a sua obra. Durante a obra eu ri, quase chorei, e fiquei as vezes ansioso. Ah, você viu né os pontos positivos acima, e é por isso que você vai querer o livro. Todos eles, pontos bons e ruins. 



O livro, é ruim porque compromete o leitor com um verdadeiro espetáculo, mas não tem; e é bom pelas emoções, personagens, situações e detalhes. Apenas deixe-se envolver pela suas linhas. Abra sua mente, pois a magia não é explicada nesse livro, e nem tem razão para isso. Ao ler esse livro, eu senti uma vontade extrema de ir em um circo enquanto estava lendo, sinceramente eu queria explorar cada canto de um circo pra vê se existia alguma mágica, invés de truques. 

Mesmo eu ter falado do livro mais aspectos negativos, é um livro muito bom, e foi e será uma das melhores experiências que tive. E, com absoluta certeza levaria esse história inesquecível para sempre comigo. Juro, que você não vai se arrepender, mas não espere muito do livro.. Resumindo o livro em três palavras: Lindo, mágico e meu. Se você não tem, corra e consiga o seu. 


09/09/2012

Seis meses da Editora Fantasy – CdP

Hoje a Fantasy – Casa da Palavra completa 6 meses no mercado e é com grande alegria que agradecemos a vocês por se manterem sonhando conosco.




A proposta para construir a Fantasy veio em Setembro de 2011, logo após a Bienal do Livro do Rio de Janeiro. O editor-chefe da Leya Pascoal Soto, vendo potencial editorial em seu best-seller Raphael Draccon após a insistência de dois anos para publicar o autor George R. R. Martin no Brasil, resolveu apresentar para sua nova parceira Martha Ribas (Casa da Palavra) a ideia de um selo de fantasia comandado por Draccon. Assim nasceu a Fantasy – Casa da Palavra.

O lançamento veio dia 09 de Março de 2012 com o livro “John Carter – Entre Dois Mundos”, adaptação da história de Edgar Rice Burroughs pela Disney. Essa parceria com uma das maiores empresas do mundo ajudou a Fantasy a ser reconhecida rapidamente, perante o mercado de direitos autorais.

08/09/2012

Sites para baixar

Hoje vou mostrar um site para baixar livro, filmes e músicas. Espero estar ajudando, revolvi criar o post por que tem muitas pessoas que tem dúvida, e, que não sabem de sites para baixar. Existem vários mais vou mostrar o que uso recentemente. 

05/09/2012

Para Refletir

 

“Às vezes penso em como seria curioso ter um vislumbre do futuro, uma rápida visão de factos que nos aguardam numa data não revelada. E se pudéssemos espiar por um minúsculo buraco no tempo e dar por acaso com um lampejo do que virá nos anos à frente? Alguns desses momentos não teriam sentido algum para nós, e desconfio que outros nos assustariam além do suportável. Se soubéssemos o que assoma no horizonte, evitaríamos além certas coisas, escolheríamos a opção B em vez da A na bifurcação da estrada: o emprego, o casamento, a mudança para um novo estado, o parto, o primeiro copo, a escolha do procedimento médico. O tempo, claro, corre apenas num sentido. Aqui, no vazio e pétreo presente, estamos abrigados do conhecimento dos riscos que nos esperam, protegidos dos horrores futuros por uma ignorância cega.” -- Sue Grafton

03/09/2012

Resenha: A Arte de Imperfeição.


A Arte da Imperfeição
Brené Brown 
Novo Conceito
183 páginas.

Este importante livro é sobre a jornada de uma vida, deixando de se preocupar com "O que os outros vão pensar?" e acreditando que "Eu sou suficiente". A habilidade ímpar da autora em misturar pesquisa original com relatos faz com que a leitura de A Arte da Imperfeição pareça uma longa e animadora conversa com uma amiga muito sábia que oferece compaixão, sabedoria e ótimos conselhos. A cada dia nos deparamos com uma enxurrada de imagens e mensagens da sociedade e da mídia nos dizendo quem, o que e como devemos ser. Somos levados a acreditar que, se pudéssemos ter um olhar perfeito e levar uma vida perfeita, já não nos sentiríamos inadequados. E se eu não posso manter todas essas bolas no ar? Por que não é todo mundo que trabalha duro e vive às minhas expectativas? O que as pessoas vão pensar se eu falhar ou desistir? Quando posso parar de provar a mim mesmo? Em A Arte da Imperfeição, Brené Brown, Ph.D, é uma especialista em vergonha, autenticidade e compartilha a coragem que aprendeu em uma década de pesquisas sobre o poder de viver sinceramente.

O livro ganhei de um sorteio em no blog, Viciadas Literalmente. E, estou muito honrando em lê-lo. Tem pontos muitos positivos sobre o livro, é de uma linguagem muito fácil. Ele meche realmente com você, não sei se é pelo fato dele ser direto com o leitor. É um livro repleto de palavras grandiosas, com amor e pertencimento. Tendo como base tópicos fortes, com autocompaixão, aceitação e gratidão de si mesmo. Então resolvi fazer um post, praticamente de quotes do livro, pra tentar retratar mesmo o que a Dr. Brown queria transmitir. 

"Escrever nossa própria história pode ser difícil, mas não é tão duro quanto passar a vida fugindo dela. Aceitar nossas vulnerabilidades é arriscado, mas não é tão perigoso quanto desistir do amor, do pertencimento e da alegria - as experiência que nos deixam mais vulneráveis. Somente quando tivermos coragem suficiente para explorar a escuridão, descobriremos o poder de infinito da nossa luz."

Em vários momentos do livro Brené usa uma narrativa engraçada como: "Estava tão alto que nem consigo mais chamar aquilo de suspirar. Estava mais para bufar." ou " [...] ir atrás daquela mãe que se achava melhor que a outra e chutar seu traseiro pontual.". Isso faz com que quebre o ritmo exaustivo de uma leitura. Gostei também do livro, porque a autora ela não fala que leu, leu e leu; estudou, estudou e estudou. Mas ela fala de momentos da própria vida, de suas própria experiência. Coisas que passamos todos os dias, coisas simples, tempos difíceis. Onde procura encontrar a Vida Plena, o sossego, a felicidade, a tranquilidade..    

Abandone a pessoa que você acha que dever ser e seja você mesmo. O pede pra você aceitar sua imperfeição, mostrando que para ser feliz não é preciso ser perfeito. A arte de ser imperfeito, o livro me ensinou uma coisa que é, perfeição ou perfeito é quando você se sente bem consigo mesmo, quando tem motivos para acordar sorrindo e dormir feliz. Aproveite o dia, aceite que você fez tudo o que deu, que tem amanhã e depois. Não cobre tanto de você. 

Rue i love you

01/09/2012

Resenha: The Secret


Autor: Rhonda Byrne
Editora: Lua de Papel
Páginas: 204
Avaliação: ★★★★★

A autora fez muitas pesquisar sobre o tal segredo, rastreando todas as provas de que aquilo é verdade. Descobriu que até os proprios filosofos de anos atrás sabiam o segredo como: Plato, Newton, Sheakespeare, Einsten... Após a descoberta do segredo a autora começou a pesquisar e procurar as pessoas que sabiam sobre o segredo.
"O segredo é a resposta para tudo o que foi, e tudo o que há. E tudo o que havera." Rafael Maldo Emerson
Quando comecei a ler o livro achei bem legal, só que quando se lê ele seguidamente o livro passar a ficar um pouco chato. Não sei se as outras pessoas são assim , o livro ele começa a ser repetitivo na metade, por isso particulamente demorei um pouco mais para terminar. Tentei praticar o segredo só que não é facil a aplicação do mesmo, não é tão fácil quanto parece mais creio que seja possível e verdadeira a hipotese que para todas as coisas boa no mundo existá um segredo.

Eu gostei bastante da capa de auto relevo, e a marca do segredo achei muito legal também. A cor e textura ficaram muito boas. Realmente comprei o livro pela capa, porque quando vi ela fez com que eu realmente quisesse ler.

Você deve estar ai sentado pensando que Segredo é esse! Qual o Segredo para ter dinheiro, amor, felicidade e tudo mais. Todas as coisas estão ligada a ela, tudo gira em torno da lei da atração. E ai ficou com vontade de ler?

Latest Instagrams

© setecoisas.com | Lifestyle, cultura e fotografia,. Design by FCD.