// 26 Aug 2012

Resenha: No presente



Autor: Márcio El-Jaick
Editora: Gls
Páginas: 139
Avaliação: ★★★★★

Em No presente, Márcio El-Jaick tece, de forma sensível e contundente, o universo do menino André, que, em meio a dor provocada pela morte do tio, vive a descoberta de sua sexualidade.Importunado pelos garotos da escola, enfrentando sozinho o inusitado do seu desejo, colhendo aqui e ali informações e desinformações sobre o que o cerca, esse pequeno fã de Van Gogh e X-Men, pianista nato e aspirante a veterinário assimila o mundo com o poético filtro dos seus olhos infantis. 

Peguei o livro pela capa, na biblioteca. Por causa da capa que é bem interessante e chama bastante atenção. Também não li a sinopse do livro o que me desfavoreceu muito. Não tem nada haver com o tema, fui descobrir só depois do que se tratava o livro quando eu já estava na metade dele. Não abandonei a leitura, mas o livro não me trouxe muito rendimento. 

O vocabulário é meio pesado, utiliza termo com "bolas" entre outros. Foi engraçado que eu li a essa parte, juro que comecei a rir. Mas eu acho que há bastante jovens que se encontram nessa fase, de descobrir a sexualidade. O foi isso que o jovem André passa no livro; Ele gosta de uma menina, só que ele sente atração por meninos. Então acontece uma reviravolta tanto no mundo e na cabeça do menino. Pois ele não sabe o que significa vários termos que garotos da sua escola o chamam. O livro então passa a ser um pouco investigativo. Onde ele vai atras de fatos, de experiências, de estórias. 

Eu não consegui encontrar o final verdadeiro no livro, garanto que fiquei perdido na leitura. Não consegui mais entender nada. Assim foi ficando sem sentido pra mim. Digamos, que o autor não conseguiu abortar muito o tema. Acho o homossexualismo um tema bastante normal, quanto aberto. Com certeza o autor poderia ter aproveitado mais assuntos e incrementado o livro.

  1. Que pena que o livro não te agradou muito, porque achei que o assunto poderia ser interessante, se melhor narrado. A sinopse me chamou a atenção, e eu ficaria interessada em ler algo assim, já que nunca li nada parecido.
    Beijos.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Tem um livro que já fiz resenha dele, é super fantástico. Fala também sobre o mesmo assunto, só que mais elaborado. O nome é "Uma leve Simetria".

      Delete
  2. Apesar da capa não ser muito bonita, adorei a sinopse!
    Parabéns pela resenha!

    Um beijo,
    Vinícius - Livros e Rabiscos

    ReplyDelete
  3. Gostei da sua resenha, parece ser um livro interessante, gostoso de se ler e que nos faz pensar sobre nossas próprias realizações pessoais, o que é ótimo.
    Adorei tudo, sinopse, resenha e a diagração do livro.
    Fiquei interessada!
    Beijos

    ReplyDelete
  4. Já tinha achado a capa linda, e ao ver as fotos do interior do livro, babei! Achei interessante a narração sob 3 perspectivas. Realmente este livro atraiu minha atenção; apesar do tema não ser novo, ele sempre alimenta reflexões, e é algo que vive acontecendo.

    ReplyDelete
    Replies
    1. É verdade, traz pensamentos ao leitor. E eu também amei a capa, que me chamou muito atenção, como já dito.

      Delete
  5. Huuuum, parece que eu conheço essa história! Hahahah ;) A história em si não me interessou muito, talvez porque eu tenha a impressão de que sei qual vai ser o final… não sei. Mas, gostei muito da resenha! Obrigada pela dica, Igor. Beijos!

    ReplyDelete
  6. amei esse livro, fala sobre identidade, se descubri e isso é uma grande dúvida nos jovens de hoje, essa tal de sexualidade.

    ReplyDelete
    Replies
    1. achei um livro bem fraco, na verdade, existe livros melhores que abordam este tema como: Aristóteles e Dante descobrem os segredos do universo ou até mesmo um livro que li recentemente, O Garoto quase atropelado

      Delete