15.8.12

Resenha: "Eragon" de Cristopher Paolini


Autor: Christopher Paoline
Editora: Rocco
Avaliação: ★★★★

É o primeiro livro do ciclo a Herança de Cristopher Paolin., Eragon é o romance de estreia de Christopher Paolini, uma história repleta de ação, perigosos vilões e locais fantásticos. Com dragões e elfos, cavaleiros, lutas de espadas; inesperadas revelações e, claro, uma linda donzela que é bem capaz de cuidar de si própria. O protagonista, de quinze anos, é um pacato rapaz do campo, que ao encontrar na floresta uma pedra azul polida. Se vê da noite para o dia no meio de uma disputa pelo poder do Império, na qual ele é peça principal.

É realmente um livro muito bom, o autor faz com que o leitor pule para dentro das páginas, que sinta a emoção e tenha uma tamanha curiosidade ao que vai acontecer com o personagem. Ele "transporta" o leitor para um mundo medieval onde ainda havia dragões, batalhas sangrentas, monstros.. O amor é verdadeiro e a lealdade a família e aos amigos é inquestionável. Gostei bastante do campo criado propriamente ele, sem falar dos seus personagens bem construídos 

Odiei a diagramação do livro, letras muito muito pequenas. Outro ponto negativo é que o livro é de narrativa lenta, fazendo que a leitura passasse a ser cansativa. A capa, foi um dos mais pontos negativos, as editoras erram muito (nesse caso acho que foi o autor), pois quando um leitor pega o livro pela primeira vez acha que Eragon é o dragão.

A história é bem simples, porém confusa (acontece muitas coisas no livro). O personagem Eragon (não é o dragão), em uma de suas caçadas na cordilheira conhecida como Espinha, Eragon encontra uma pedra azul, só que esse tal pedra não é um pedra, é um ovo. Nele à contido um dragão que está adormecido durante anos e anos esperando a chegada de seu cavaleiro, foram criados há milhares de anos como resultado de uma grande guerra entre elfo e dragões, no intuito de garantir paz entre as duas raças. Agora depois de anos Eragon é o mais novo Cavalheiro de Dragão. Juntamente com Zaphira dragoa recém nascida, logo os dois passam a ter um afeto, assim passando por várias turbulências e gerando a história em si (não estou falando nada com nada). Passando agora "da noite para o dia", de uma pacata vida em um pequeno vilarejo, ele é lançado para um arriscado novo mundo movido pelas tramas do destino, da magia e do poder. Empunhando uma espada lendária e seguindo as sábias palavras de um velho contador de historias, Eragon e sua outra metade, a leal dragão fêmea Saphira, terão de se aventurar por terras perigosas e enfrentar inimigos sombrios em um Império governado por um rei cuja maldade não conhece fronteiras

Mas não adianta eu falar tudo né? Assim perde a graça. Mas será que ele vai conseguir trilhar o seu caminho? Será que conseguirão vencer os obstáculos que o destino lhes reservou?

Um comentário

  1. oie
    estou meio correndo de séries, e essa em especial porque eu assisti o filme e não curti muito. E como vc falou que a história é meio confusa, hum...mas quem sabe eu dê uma chance pro livro.
    ótima resenha
    bjos

    ResponderExcluir

© setecoisas.com.