8.1.18

Seria sobre mim, se não fosse você



Não sei como começar esse texto, não quero ser clichê, nem quero falar de todas as coisas que o amor me faz, não quero escrever sobre a saudade, nem quero escrever sobre seus lábios macios, nem sobre seus olhos que me inundam, não quero escrever sobre seu abraço que me aconchega, nem sobre o teu cheiro que me tranquiliza. Não quero falar sobre a tua voz que acalma meu interior, nem sobre teus toques que me comandam. Não quero falar sobre todos as declarações que já fizemos, nem sobre todas as madrugadas em claro que passamos na presença um do outro.Talvez eu não queira falar sobre você porque quero guardar nosso amor somente conosco, no meu e no teu coração.

Mas não adianta, sempre quando falo de amor, falo de saudade, falo do sabor de menta, do cabelo encarolado nas minhas mãos, das vezes que faço morada na curva do teu pescoço. De um tempo para cá já não tem mais sentido falar de amor, se não for sobre nós, sobre a conexão, sobre os olhares, sobre como você me preenche. Afinal, como falar de amor sem mencionar o nosso jeito avassalador, intenso e perigoso? Da nossa paixão eterna, do amor entre quatro paredes, do choque do toque das nossas peles. Da facilidade de encontrar em qualquer caminho do teu corpo conforto para as minhas mãos.

É verídico, não sei como começar um texto sem falar sobre nós, se brincar tem mais de você do que sobre mim, porque, talvez, isso seja amor, enxergar na tua alma um pouco da minha.

31.12.17

003 — Happy New Year


Como de praxe desde o ano anterior: aos leitores, aos e-mails, às desculpas, os agouros e tentativas :)

Make a poster every week, 003.
© setecoisas.com | Lifestyle, cultura e fotografia,.